Últimas

Empresário é preso por tentar fazer sexo com adolescente dentro de carro em Manaus



Um empresário de 49 anos foi preso em flagrante por tentar manter relações sexuais com uma adolescente de 13 anos. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (17), por volta das 20h, nas proximidades do bairro Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus. A menina é filha de uma funcionária do restaurante que o empresário é dono. Em troca de sexo a jovem receberia uma certa quantia em dinheiro. 

De acordo com informações da titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Juliana Tuma, a esposa do empresário flagrou o marido aliciando a adolescente



A delegada da Depca, Juliana Tuma, autuou o empresário por estupro de vulnerável


dentro de um carro. “A menor estava nua dentro do carro. Então, a esposa acionou a polícia que, ao chegar no local, identificou o suspeito já caminhando em via pública como se nada tivesse acontecido”, informou a delegada.

Ainda de acordo com Juliana, durante a abordagem, os policiais militares da 7º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) interrogou o empresário sobre a denúncia de estupro, mas o fato foi negado por ele. Na ocasião, a menor, ao ser questionada pelos PMs, confirmou o ato.

“A mesma admitiu aos policiais que estava nua dentro do carro e não fez sexo com o homem porque foi atrapalhada”, completou a delegada da Depca.

O infrator e a vítima foram encaminhados para a sede da Depca. Ainda segundo a autoridade policial, na delegacia a adolescente disse que o infrator chegou a pegar nas partes intimas dela.

“Ela disse que estava despida e iria ter relações sexuais com o homem porque o mesmo prometeu uma ‘ponta’ para a garota”, disse Juliana Tuma.

A esposa do autor serviu de testemunha do flagrante porque viu o marido marcando um encontro antes de sair de casa. Depois que o mesmo saiu, a mulher passou a segui-lo com os filhos, quando viram o homem parando o carro nas proximidades do Distrito Industrial e que havia uma adolescente dentro do veículo.

O empresário foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deve aguar a decisão da justiça.


Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.