Últimas

Maratona Aquática Rio Negro Challenge 2017 vai reunir atletas de várias partes do País, bem como do exterior, e as inscrições estão abertas



A maratona aquática Rio Negro Challenge 2017 já tem data para acontecer. No dia 30 de abril, os atletas caem nas caudalosas águas do Rio Negro e vão disputar o pódio, braçada a braçada na Ponta Negra, zona Centro-Oeste, a partir das 7h. Nesta edição, estão confirmados atletas de outros países e as inscrições estão abertas. O evento conta com o apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A competição será dividida em duas provas, com percursos de 1,5Km e 3Km e 14 categorias, nos naipes masculino e feminino. Além disso, paralelo ao evento, ainda será realizado o Circuito Curumim, com percurso de 500 metros, composto por três categorias, sendo a Mirim de 08 a 09 anos, Mirim I de 10 a 11 e a Petiz de 12 a 13 anos.

“Essa competição tem recrutado muitos adeptos, em 2013 foram cem inscritos, no ano passado esse número aumentou e agora esperamos de 220 a 300 atletas para a Maratona. Graças a Deus, podemos dizer que este evento já se tornou tradicional”, disse o organizador Pierre Gadelha, que completou informando que já inscreveram para a disputa maratonistas de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Maranhão, Brasília, Roraima, Pará, Amazonas, Colômbia e França.

Aqueles que desejarem se inscrever nas disputas, a matrícula custa R$ 70 para o Circuito Curumim e R$ 100 para a Maratona Aquática, podendo ser feita através do www.rionegrochallenge.com.br.


Mirando o pódio

Um dos que vai encarar a Maratona Aquática é Thiago Nicolau, 32, considerado um dos fortes candidatos a subir no pódio pela Maratona Aquática. O atleta foi da seleção brasileira de natação em 2005, ficou parado por oito anos e o retorno nas ‘águas’ se deu através das maratonas.

“Na primeira maratona, a minha inexperiência me atrapalhou bastante em relação a navegação, na segunda eu já tinha noção e foi mais fácil. Apesar de ser atleta de piscina e velocista, costumo nadar no máximo cem metros, mas gosto de participar desses eventos pelo desafio”, comentou Nicolau, ao confessar que ainda está indeciso quanto à categoria.

“Ainda não decidi em que categoria irei competir desta vez, se a de 1,5 ou de 3 quilômetros, mas independente da que eu escolher, tenho boas expectativas de vencer e ficar entre os três melhores”, disse Thiago, que ao disputar pela primeira vez a Maratona Rio Negro Challenge ficou em terceiro lugar e na segunda vez foi campeão na categoria 1,5Km.

Fotos Antonio Lima /Sejel

Premiação

Os cinco primeiros colocados da Maratona serão premiados com troféus. As categorias por idade também terá premiação dos três primeiros colocados, no masculino, feminino e no Circuito Curumim.

A segunda etapa do Rio Negro Challenge Amazônia está prevista para acontecer em dezembro.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.