Últimas

Personal trainer de BH que atraía vítimas pelas redes sociais é indiciado por estupro


BAHIA - O personal trainer de 32 anos suspeito de estuprar jovens em série na capital mineira foi indiciado pela Polícia Civil na última semana após a conclusão de um inquérito que investigava os casos de duas vítimas abusadas. Ao final das apurações, a delegada Camila Miller chegou à conclusão de que há provas suficientes sobre os crimes cometidos por Rodrigo Alcântara. Ele continua à solta e a Justiça ainda avalia um pedido de prisão feito pela autoridade policial.
A reportagem do Bhaz chegou a conversar com quatro mulheres que detalharam a abordagem de Rodrigo. Duas delas registraram os boletins de ocorrência que levaram ao indiciamento do personal por estupro. O profissional da área de Educação Física atraía vítimas pelas redes sociais desde 2015.
Segundo a Polícia Civil, Rodrigo negou ter cometido os crimes ao prestar depoimento. Porém o relato das vítimas e provas levantadas em um flat alugado pelo personal demonstram que ele desenvolveu uma tática para abordar mulheres com o intuito de forçar relações sexuais. A Justiça avaliará agora as conclusões da investigação e decidirá se Rodrigo deve ser preso preventivamente.
Foto: Faceboook
Bhaz

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.