Últimas

Fim de semana de jiu-jítsu com e sem quimono na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus

Fotos: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Dois dias de muitos combates e mais de 2.000 atletas em ação nos tatames. É isso que a Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, espera neste sábado e domingo, 8 e 9 de abril, respectivamente, com o 4º Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional e o 5º Amazon Warriors No Gi (sem quimono). Os eventos têm apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Só neste sábado, a partir das 9h30, mais de 1.800 lutadores da capital e interior disputarão as medalhas na quarta edição do Estadual Profissional. O evento organizado pela Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (FAJJPRO) vai distribuir quase R$ 15 mil em prêmios, consolidando-se como uma das maiores competições do calendário regional da “arte suave”.

“Vamos ter uma megaestrutura com 10 áreas de combates na Arena e muita dinâmica na distribuição das chaves de modo que o público sempre possa acompanhar a movimentação nos tatames. Esperamos fazer um grande show para os atletas de Manaus e dos municípios que estão mandando suas delegações”, afirma o presidente da FAJJPRO, João Bosco Júnior, o “Bosquinho”.

Lutas sem quimono
No domingo, a partir das 9h30, o Amazon Warriors No Gi reunirá aproximadamente 300 guerreiros nos combates de jiu-jítsu sem quimono. O campeonato reunirá atletas do Mirim ao Sênior, nas faixas Branca e Graduado, nos naipes Masculino e Feminino. As regras de arbitragem serão as mesmas utilizadas nas competições com quimono.

O atrativo do Amazon Warriors é o pagamento de prêmios em dinheiro para os campeões do Absoluto Masculino e Feminino. A competição também é marcada pela participação de vários lutadores de MMA, inclusive atletas como passagem pelo UFC.





Fotos: Divulgação / BLITZ  AMAZÔNICO

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.