Últimas

Manaus vai ganhar sistema de bicicletas compartilhadas no Centro


Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Sucesso em várias partes do mundo, movimentando milhares de pessoas, o sistema de bicicletas compartilhadas está chegando à Manaus. Batizado de Manôbike, o projeto foi adotado pela Prefeitura de Manaus e junto a ele a cidade recebe a inédita implantação de ciclo rotas no Centro, garantindo, via sinalização horizontal e vertical, maior segurança especialmente aos ciclistas. O sistema passa a funcionar a partir do dia 11.


Segundo o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano, engenheiro Claudio Guenka, com o Manôbike, a Prefeitura, por meio da política pública de mobilidade e transporte defendida pelo prefeito Arthur Neto e agora pelo prefeito em exercício, Marcos Rotta, aumenta o incentivo a meios não poluentes e que visam à melhoria na qualidade de vida dos cidadãos.




A proposta das ciclorrotas do Manôbike é trabalhar o compartilhamento da via, completamente assegurado pelo Código Brasileiro de Trânsito (CBT), que orienta ainda que a preferência nas vias é do menor modal para o maior - pedestres, ciclistas, carros, caminhões, ônibus e outros.






Manaus terá 11 estações em operação. A última a ser implantada, tendo como cenário o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, será concluída nesta terça-feira, dia 4/4. As estações, inclusive, estão localizadas em lugares históricos e turísticos da capital, como o próprio mercado, a centenária avenida Eduardo Ribeiro, Igreja Nossa Senhora dos Remédios, Praça do Congresso, Beneficente Portuguesa, entre outros.



As estações da Manôbike funcionarão alimentadas por energia solar e são interligadas via sistema de comunicação sem fio, redes 3G e 4G, permitindo que estejam conectadas 24 horas por dia.



O sistema funcionará de segunda-feira a domingo, das 6h às 23h, para retirada do equipamento, e 24h/dia para a devolução. Serão 110 bicicletas disponíveis para as 11 estações – todas 100% nacionais. A rede poderá ser ampliada futuramente, conforme demanda. O Termo de Cooperação tem prazo de 36 meses e não há ônus para o Município.
 
Após cadastro no aplicativo e/ou no site ( HYPERLINK "http://www.manobike.com.br/" \t "_blank" www.manobike.com.br ), o usuário do Manôbike terá a opção de adquirir o passe mensal (R$ 10) ou passe diário (R$ 5) e não pagar valor adicional desde que use de acordo com as regras do projeto. De segunda-feira a sábado, o uso pode ser de 60 minutos ininterruptos, quantas vezes por dia o usuário desejar, desde que respeite o intervalo de 15 minutos entre as viagens. Aos domingos e feriados, o uso passa a ser de 90 minutos.

A empresa Samba é a responsável pela implantação, operação e manutenção do sistema e assinou Termo de Cooperação com a Prefeitura, após sair vencedora do edital de Chamamento Público lançado pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Antes da inauguração do Manôbike, a Prefeitura, em parceria com diversos grupos de pedais, lançou a campanha publicitária “No Trânsito eu Compartilho Respeito”, em fevereiro, amplificando a sensibilização de motoristas em relação aos ciclistas, que podem e devem compartilhar a mesma via.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.