Últimas

Obras da literatura amazonense são reforçadas em escolas municipais

Fotos: Lton Santos / Semed / BLITZ AMAZÔNICO

O Conselho Municipal de Política Cultural (Concultura) fez a doação de 1.115 exemplares de obras literárias de autores amazonenses à Secretaria Municipal de Educação (Semed), na manhã desta quinta-feira, 6/4.

Os livros, que serão distribuídos para 205 unidades escolares da rede municipal de ensinos, fazem parte do projeto Memória Reencontrada, financiado pelo conselho e que incentiva a publicação de autores locais. A entrega dos títulos foi feita pelo presidente do Concultura, o escritor Márcio Souza, à secretária da Semed, Kátia Schweickardt.

As obras da literatura amazonense são de autores como Nivaldo Santiago, Janet Chernela, Bene Martins e Eneida Ramos. Entre os livros destacam-se “Cancioneiro de Manaus”, “A origem dos Kotira”, “Mulheres do Início”, “O Teatro do Norte Brasileiro”, “Ribeiro Junior – Redentor do Amazonas“, entre outros, que serão entregues para 205 escolas municipais, incluindo as quatro escolas indígenas.

Os títulos também serão encaminhados aos espaços culturais coordenados pela Gerência de Educação Escola Indígena (Geei) da Semed, que receberão títulos específicos da série Kotira, que conta a história desses povos.

A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, ressaltou que educação e cultura caminham de forma integrada e que as doações vão incentivar as crianças, desde muito cedo, a conhecerem a cultura regional. “Para nós que formamos crianças que são do Norte do Brasil, é importante entender quem são, qual o potencial da identidade de cada um e isso passa pela valorização desses autores e, sobretudo, da valorização desse material”, declarou.

O próximo passo, conforme a Semed, é realizar formações, em parceria com os técnicos do conselho, para professores de Português e Literatura da rede municipal, como forma de melhor aproveitar as obras no trabalho de aprendizagem realizado pelas escolas.

Márcio Souza destacou que, com essa doação, o projeto de difusão de obras inicia uma nova fase benéfica para os escritores e para os estudantes. “Doações como estas já foram feitas à Biblioteca Internacional do Itamaraty, onde todos os embaixadores receberam uma coleção com os exemplares, a todas as bibliotecas das universidades importantes da região Amazônica e agora para a Semed. Queremos agradecer essa parceria aceita imediatamente pela secretaria municipal”, explicou, informando ainda que essas obras serão transformadas também em e-books, os livros digitais.


Fotos: Lton Santos / Semed / BLITZ AMAZÔNICO

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.