Últimas

Paratletas do Amazonas conquistam 13 medalhas no Norte e Nordeste de Atletismo e vaga no Campeonato Brasileiro



O Amazonas mostrou, mais uma vez, a força do paradesporto em competições nacionais. Desta vez, cinco paratletas locais conseguiram 13 medalhas na disputa do Regional Norte Nordeste do Circuito Brasil Loterias Caixa, o primeiro do ano de 2017, na cidade de Recife (PE). Entre ouro, prata e bronze, três atletas que recebem apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), obtiveram índice e conseguiram vaga para participar do Campeonato Brasileiro.

Um dos maiores nomes do paratletismo do Estado, Dernival Souza, 41, devastou os adversários. Nas três modalidades em disputa, lançamento de dardo e disco e no arremesso de peso (categoria F12/ baixa visão), Souza faturou o ouro nas três provas, ocorridas no último final de semana.
“Foi uma competição muito boa e bastante disputada. Os concorrentes de Recife, Fortaleza e Natal estão ficando fortes. Foi muito disputado, mas conquistei as medalhas de ouro e estou muito feliz com o resultado. Todo o esforço valeu”, comentou o paratleta, para em seguida anunciar a conquista da vaga para o Brasileiro que ocorre no mês de junho. 
“Consegui conquistar a vaga no Brasileiro no lançamento do disco. Fiz a marca de 26,57 (metros) quando era preciso fazer 26. Agora para o Nacional vai ser preciso fazer 28 e estou trabalhando em cima disso”, comentou Dernival, que treina das 7h às 11h30, no complexo de atletismo da Vila Olímpica de Manaus, no Dom Pedro.
Das piscinas também saíram ouro, prata e bronze, além de vagas para o Brasileiro. Os responsáveis pelo feito foram os paratletas Jean Dias, 42, e Simplício Campos, 30, que novamente colocaram o Amazonas em destaque na natação.
“Fiquei com duas pratas nos 200 metros medley e nos 100 borboleta, o bronze foi nos 100 metros peito. O importante da competição era conquistar o índice para as três etapas do Brasileiro, em junho, agosto e em novembro, em São Paulo. Já fui campeão Brasileiro em 2010 no borboleta e peito e agora é treinar para fazer um bom Brasileiro e conquistar a vaga no mundial do México”, avaliou Simplício que competiu nas classes S8, SB8, SM8 (limitações físico- motoras).


Fotos: MAURO NETO e ANTONIO LIMA /SEJEL

Na natação (S6/ paralisia cerebral), o experiente Jean Cláudio Dias também fez bonito. O nadador conquistou o ouro nos 400 metros livre e o índice para o Brasileiro, e ainda teve fôlego para trazer a prata nos 100 metros livre.
“Foi muito difícil. Agora vou precisar treinar mais, até mais do que já treino pela manhã, tarde e à noite, para conquistar o ouro no Brasileiro. Tenho certeza que representamos muito bem nosso Estado”, afirmou.


Resultados

Jean Dias
400 livre ouro - índice
100 livre prata 

Simplício Campos
200 medley prata - índice
100 borboleta prata - índice
100 peito bronze - índice

Cheine Araujo 
3º lugar no L. Disco
1º lugar no A. De peso

Dernival Santos 
1º lugar no L . Disco - índice
1º lugar no L . Dardo
1º lugar no A. Peso

Fernanda Souza
2º lugar no L. Disco
3º lugar no L. Dardo
2º lugar no A. Peso

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.