Últimas

Clowns de Shakespeare apresenta espetáculo “Abrazo” no Café Teatro

O Grupo de Teatro “Clowns de Shakespeare”, do Rio Grande do Norte, apresenta em Manaus no domingo, 30/7, o espetáculo “Abrazo”, integrando o projeto Palco Giratório, promovido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc).  O espetáculo conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e ocorrerá no Les Artistes Café Teatro, às 17h, com entrada gratuita.

Divulgação/Manauscult / BLITZ AMAZÔNICO

A peça “Abrazo” é uma obra voltada para o público infanto-juvenil que pode ser assistido por crianças e adultos. Num lugar em que não é permitido abraçar, personagens atravessam um quadrado contando histórias de encontros, despedidas, opressão, exílio, afeto e liberdade.

O espetáculo não verbal conta com a música especialmente composta para a cena e com vídeo de animação para narrar essa aventura inspirada em “O Livro dos abraços”, de Eduardo Galeano.  A encenação é a segunda parte da trilogia que compõe o projeto de pesquisa latino-americano que também conta com as obras “Nuestra Senhora de Las Nuvens” e “Dois Amores y um Bicho”.

Clowns de Shakespeare

O Grupo de Teatro “Clowns de Shakespeare”, um dos representantes do teatro nordestino contemporâneo, existe há 23 anos na cidade de Natal (RN), onde desenvolve um trabalho de pesquisa teatral com foco na construção da presença cênica do ator, musicalidade da cena e do corpo, e no teatro popular, sempre numa perspectiva colaborativa.

Em Manaus, o grupo promoverá ainda outras duas atividades. A oficina “Exílio em Cena” acontece nos dias 27 e 28 de julho, na sede do SESC Amazonas – Sala de Dança, das 16h as 20h. Já o “Pensamento Giratório”, momento de encontro entre o grupo e artistas da cidade para um bate-papo sobre a produção cultural e a realidade atual do teatro de grupo no país, vai ser no dia 29 de julho, no Espaço Ateliê 23, às 16h. O público-alvo são artistas, estudantes de teatros e demais interessados no fazer teatral do grupo.



Divulgação/Manauscult / BLITZ AMAZÔNICO

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.