ÚLTIMAS NOTICIAS

Congresso técnico dos Jogos Escolares do Amazonas dá o 'start' para a fase final da competição em Manaus



Os mais de sete mil alunos-atletas de todo o Amazonas que vão estar na disputa da fase final do 40º Jogos Escolares do Amazonas (Jeas), que ocorre de 20 a 29 de julho em Manaus, estiveram sendo representados pelos mais de 200 treinadores, professores e dirigentes no congresso técnico da competição, realizado na tarde desta sexta-feira (14), na sala de mídias da Arena da Amazônia. No total, 280 escolas de todo o Estado estão na disputa da competição realizada pelo Governo do Amazonas por meio das Secretarias de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e de Educação (Seduc).

FOTOS: MAURO NETO/SEJEL


Totalizando 19 modalidades nas categorias individual e coletiva, onde os campeões vão representar o Amazonas nos Jogos Escolares de Juventude (JEJ), a edição 2017 trouxe novidades. Além da expansão da categoria infantil para o interior, a luta olímpica e aquathlon tiveram bastante procura com o ineditismo da modalidade. 

“A gente está brigando por chances de medalhas, como o aquatlhon. Quando eu anunciei na escola, o aluno Carlos Eduardo, que pratica natação e corrida, se prontificou. Nisso passamos a treinar três vezes por semana e agora vim aqui oficializar a nossa participação”, disse a professora educação física da Escola Estadual Ângelo Ramazzotti, Nelma Menezes.

Entre as idas e vindas nas várias mesas de inscrições das modalidades, o profissional de Educação Física da cidade de Itacoatiara, Gerty Maciel, afirmou que espera ver brilhar a cidade da Pedra Pintada.

“Nossa delegação vai com atletismo, xadrez e o badminton. No atletismo e o xadrez temos possibilidade de obter medalhas, participamos de algumas competições que nos mostraram isso, e no badminton será a primeira vez que iremos participar. Iniciamos em março deste ano com o badminton. Estamos com a pretensão de conseguir bons resultados para a nossa cidade”, avisou o treinador.

Dupla jornada

Da Cidade dos Botos, Novo Airão vem com duas escolas que querem destaque no handebol e no voleibol. Treinadas pelo professor de educação física, Júlio Higino a meta é fazer com que as escolas Danilo Matos Areosa e Balbina Mestrinho passem a ser reconhecidas no principal torneio interescolar do Amazonas.

“Professor tem que se desdobrar. O nosso handebol já uma modalidade bem forte. Também temos a escola Balbina Mestrinho com o handebol infantil feminino e no Danilo de Matos Areosa estamos com o handebol juvenil masculino e voleibol juvenil feminino. Vamos para cima e com garra”, contou.

De acordo com a coordenadora geral do Jeas, Lilian Valente, as novidades presentes neste ano vão permitir um avanço no esporte no interior do Estado. 

“No total, temos mais de 10 mil pessoas participando do Jeas, com 1.100 pessoas na organização e teremos 7.300 atletas, além do administrativo e corpo de professores. Também estamos dando uma oportunidade para a categoria infantil, onde expandimos, assim o interior pode ter uma base e vir cada vez mais forte. Não tenho dúvidas que a 40º será de um evento maduro e enriquecedor para todos”, comentou.


Jogos Escolares da Juventude

Os campeões da categoria Infantil disputarão os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) na cidade de Curitiba (PR) de 12 a 21 de setembro. Já os vencedores da categoria Juvenil participam da mesma edição do torneio em novembro, em Brasília (DF), de 16 a 25 de novembro. 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.