ÚLTIMAS NOTICIAS

Governo inicia tratativas para sediar Campeonato Sul-Americano de Luta Olímpica

O governador David Almeida recebeu nesta quinta-feira, 27, o presidente da Confederação Brasileira de Wrestling (CBW), Pedro Gama Filho, e uma delegação de atletas e técnicos da modalidade vindos do Chile, Paraguai, Uruguai, Bulgária, Peru, Cuba, Equador, Guatemala, Honduras, Porto Rico, Argentina e Bolívia. O encontro foi o pontapé inicial para as tratativas que devem fazer de Manaus a sede do Campeonato Sul-Americano de Luta Olímpica, na categoria Sênior, este ano.

Fotos: Bruno Zanardo / SECOM e Mauro Neto/ SEJEL

"O Governo está aberto a todas as possibilidades. Nós temos grandes eventos sendo trazidos para o Estado. No próximo dia 15 temos a seleção brasileira de vôlei, tivemos há algumas semanas o nacional do Karatê, o futebol feminino com o Iranduba levou público expressivo para nossa Arena, temos ainda os jogos escolares acontecendo e, agora, com essa parceria entre o Governo do Amazonas e a Federação de Luta Olímpica, nós queremos trazer essa modalidade abrindo espaço e a estrutura do governo para que o nosso esporte possa ser fomentado. Mesmo diante dos problemas enfrentados, o Governo encontra recursos e mecanismo para ajudar o esporte que acredito ser uma das ferramentas de inclusão social mais importantes", destacou o governador. 

Para o presidente da CBW, Pedro Gama Filho, o Amazonas tem as condições necessárias para receber o campeonato que tem previsão para acontecer em novembro. "O Amazonas tem todas as condições de fazer este evento. O Estado já realizou uma vez um Pan-Americano de Cadetes, então já conhece os caminhos e tem as parcerias necessárias", ressaltou. 

De acordo com o secretário de esportes, Fabrício Lima, o governador David Almeida deu o aval para que a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) faça o levantamento dos custos para a realização do evento.

"O pessoal da Confederação Sul-Americana demonstrou interesse em querer realizar o evento aqui. Acabamos de falar com o governador David Almeida e ele já mandou levantar os custos que não são muitos. A gente só vai adaptar e avaliar quais serão nossas responsabilidades para que possamos efetivar essa parceria", explicou. 

Além do Sul –Americano e do Intercâmbio que acontece em Manaus, intitulado “More Than Medals” (Mais que Medalhas), o legado olímpico tambem foi pauta da reunião. De acordo com Lima, com o estreitamento entre Governo e CBW, é possível que a carga de materiais doados para a Vila de Manaus aumente.

“Conversei com o Pedro Gama filho e temos dois tapetes certos para receber como legado. Além disso, geramos a possibilidade de mais dois, quatro no total, sendo que esse material extra beneficiaria o interior do Amazonas, uma vez que em parceria com a Federação Amazonense de Luta Olímpica temos desenvolvido o esporte principalmente em Tabatinga, Benjamim e Atalaia do Norte. Fora os tapetes, ainda estamos pleiteando outros materiais que vão servir para dar suporte de ponta aos treinos”, destacou.   

Promessa Olímpica

Em sua passagem por Manaus, o presidente Pedro Gama Filho ainda fez questão de ressaltar os bons resultados do Amazonas e ainda projetou um amazonense nas próximas Olimpíadas.

“Eu admiro muito a Luta Olímpica amazonense e ela é conhecida atualmente nos quatro cantos do mundo, devido aos resultados positivos em Pan, Sul-americano, Brasileiro, entre outros. Daqui de Manaus, tenho muita confiança no Helisson Bresson, que vem disputando duro com o primeiro lugar da categoria mundial. Acredito que ele é uma promessa olímpica para 2020”, afirmou.

Intercâmbio

A comitiva de técnicos e treinadores dos dez países está em Manaus desde a segunda-feira, 24, onde participa do programa de intercâmbio e treinamento ‘More than Medals´, que na tradução significa "Mais do que Medalhas". Essa é a segunda edição do evento mas é a primeira ação no Brasil. A primeira edição foi realizada no Peru ano passado.

O evento, que iniciou na segunda-feira, 24, pretende promover e desenvolver o combate entre lutadores locais e de outras partes do País. A ação segue até sábado, dia 29, sempre das 9h às 11h, e das 16h às 18h, no complexo de luta da Vila Olímpica de Manaus, zona centro-oeste. O evento recebe apoio do Governo do Amazonas, via Sejel.

“Os campos de treinamento fazem parte de uma iniciativa para aumentar o esporte entre os jovens. Essa iniciativa permite treinamento para as categoria com campeões continentais, incluindo campo de treinamento para cadetes e curso técnico para treinadores de Nível 1. O campo de treinamento oferece aos atletas e treinadores uma experiência de aprendizagem única sob a orientação de educadores do United World Wrestling e especialistas de alto nível em coaching”, explicou o presidente da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva (Falle), professor Waldeci Silva.

Ainda segundo Waldeci, participam do evento um total de 36 atletas, sendo de Manaus e de outros sete estados do País, além de 15 treinadores internacionais. Nomes consagrados como do cubano Juan Marén estão no evento. Ele soma quatro Olimpíadas e três medalhas da maior competição esportiva do mundo, sendo Atenas (2004), Atlanta (1996/ medalha de prata), Sydney (2000 / medalha de prata) e Barcelona (1992/ bronze), além de quatro medalhas de ouro pelos Jogos Pan-Americanos.

“É um prazer ter a oportunidade de estar aqui, pois com essa experiência internacional é possível eles (os atletas) evoluírem e estamos preparando eles para os jogos Sul-Americanos, Olímpicos e outras competições. Trabalhamos tanto a formação técnica, como social. Estamos focando posição, técnica básica, coordenação, e tudo o que se refere a este esporte nesta categoria”, disse Juan, que iniciou na modalidade aos 11 anos de idade, se aposentando da vida de atleta aos 35 e, desde lá, encarando a missão de ser técnico. Atualmente, Marén está no auge dos 46 anos de idade.
Fotos: Bruno Zanardo / SECOM e Mauro Neto/ SEJEL

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.