ÚLTIMAS NOTICIAS

Sólon de Lucena é campeão dos Jogos Escolares do Amazonas, o JEAS, pelo Juvenil Feminino de Handebol

A principal categoria do handebol feminino dos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas) conheceu o campeão da temporada 2017. Na noite do último sábado (29), as meninas da Escola Sólon de Lucena “passearam” em cima do Ceti - Manoel Vicente, da cidade de Coari, e venceram por 32 a 08. O avassalador placar garantiu a presença das meninas da escola da capital na disputa dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em novembro, em Brasília. A temporada da modalidade recebe apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Foto: Anderson Silva/SEJEL

Para conquistar o terceiro título do Jeas no comando da equipe, o treinador do Sólon, Harrison Alves, contou com um time vivido dentro de quadra. Maduras, experientes e com atletas que já disputaram várias competições, além do Campeonato Amazonense, a conquista sob as coarienses veio de forma tranquila.

“A nossa escola já tem várias conquistas no juvenil feminino e comigo é a terceira com o Sólon. Fui campeão em 2012, 2014 e agora 2017. É um trabalho de longo prazo que realizamos, moldamos as meninas e no campeonato imprimimos nosso ritmo. Fizemos por merecer no campeonato. Coari tem uma boa equipe, mas superamos nossas expectativas no geral”, comentou o treinador.

Uma das mais habilidosas em quadra, a central do Sólon, Vitória Souza, fechou o último ano no Jeas com mais uma conquista.

“É o meu último ano de Jeas. Valeu cada dia de treino. Mostramos nosso handebol e que lá fora (em Brasília) possamos dar orgulho para a nossa cidade. Que no JEJ possamos ficar com uma boa colocação. Agora meu objetivo é fazer bonito no JEJ”, contou a jogadora.

Inversão no masculino

Na disputa da categoria masculino e com os mesmos adversários do feminino, a conquista do troféu teve a ordem alterada. Com o placar de 34 a 20, o Ceti - Manoel Vicente de Coari “retribuiu” a derrota no feminino e fez o Sólon ficar com o vice-campeonato juvenil masculino.

“Tivemos bons jogos e estamos vendo que no interior do Amazonas o handebol está evoluindo. É isso que a Liga de Handebol do Amazonas (Liham) quer fazer no Amazonas: Levar o handebol para todos os municípios do Estado. Já iniciamos isso e vamos continuar fazendo ainda mais”, contou o presidente da Liga, Auricélio Andrade.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.