Últimas

MULHER MORRE NO FINALZINHO DA TRANSA, SE ASFIXIOU COM O MATERIAL GENÉTICO DO AMANTE

Enquanto marido assiste o jogo da seleção, mulher vai para pousada e acaba morrendo asfixiada. Uma mulher morreu asfixiada em uma pousada de Fortaleza, no último sábado (16, de acordo com o jornal Cabo Frio Agora. Ela estaria no final de uma relação quando ocorreu a asfixia .

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO



Segundo informações, ao ver a mulher asfixiada, o rapaz teria ligado para os funcionários da pousada e para o marido da vítima. “Eu estava tão desesperado que peguei o celular dela e liguei para o primeiro número que vi, que era o do marido dela. Contei tudo. Gritei no telefone: Corra. para de assistir esse jogo e Venha para cá que a sua mulher está morrendo asfixiada”, disse ele.


No bairro de Prefeito José Walter, bairro da periferia de Fortaleza, uma tragédia sexual provocou a morte de uma mulher, de 28 anos e seis de casada. Ela teria deixado o marido em casa assistindo a copa do mundo enquanto se divertia em um motel com o amante, ela acabou se engasgando com o esperma do rapaz, na reta final da relação durante a prática oral. O caso aconteceu na tarde do último sábado (16). A Polícia Civil e o ITEP interditaram o local. 

O amante disse que, ao perceber que ela teria sido engasgada ligou para os funcionários do motel, e em seguida para o marido dela. “Eu estava tão desesperado que peguei o celular dela e liguei para o marido dela e contei tudo. Gritei no telefone: corre, para de assistir esse jogo e vem pra cá que sua mulher está morrendo engasgada com o meu sêmen”, disse o amante a nossa reportagem. 

O marido, e agora viúvo, não acreditou na ligação do amante da sua esposa. Pensou que se tratava de trote, desligou o telefone e continuou assistindo o jogo. Em seguida, uma nova ligação, desta vez dos funcionários do Motel, confirmando a tragédia, fez o esposo acreditar. 

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso. O Delegado responsável pelas investigações disse que só vai falar após concluir o inquérito.

O marido da vítima pensou que fosse um trote e encerrou a ligação. Em seguida, recebeu uma nova chamada dos funcionários da pousada, que confirmaram o caso.

A Polícia Civil interditou o local. E um inquérito foi aberto para apurar o caso.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.