Últimas

Serviço público em Manaus registra mais de 1,8 mil roubos e furtos em 2018


Um total de 1.827 casos de roubos e furtos foi registrado em unidades de atendimento do serviço público em Manaus em 2018. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (21) pelo prefeito Artur Neto e têm como base documentos e boletins de ocorrência registrados pelos órgãos.

A maioria das ocorrências envolve o transporte coletivo da capital amazonense, com 1.672 roubos ou furtos em ônibus, o que significa uma média de 238 crimes por mês, ou quase oito assaltos por dia. Os números foram compilados em levantamento da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) junto ao Sindicato de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram).

A Secretaria Municipal de Saúde (Semed) contabilizou 85 ocorrências em unidades de ensino de Manaus. Os dois últimos assaltos foram registrados com rendição de professores e alunos na Escola Municipal Padre Calleri, na BR 174, e na CEMASP 1, no Eldorado.

As unidades municipais de saúde tiveram 49 ocorrências de roubos e furtos. Nos últimos dias, quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) foram alvo de assaltantes na capital.


UBS Theodomiro Garrido, que fica na rua São José, Colônia Oliveira Machado, foi alvo de assalto nesta semana (Foto: Paulo Paixão/Rede Amazônica)

Do total de ocorrências em unidades de saúde, 65% são de furtos, enquanto 21,88% são de roubos. Segundo a prefeitura, 63% dos casos ocorreram no Distrito de Saúde (Disa) da Zona Norte, 22% na divisão Oeste e 13% do Disa Leste. Entre os materiais roubados, estão celulares, computadores, botijas de gás e aparelhos de ar-condicionado.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.