Últimas

FESTIVAL DE CIRANDAS EM MANACAPURU AQUECE A ECONOMIA LOCAL.

Por: Jamil Alves
No último fim de semana em Manacapuru cidade metropolitana da Capital, o Festival de Cirandas atraiu visitantes e turistas durante os três dias de festas. O evento trouxe aquecimento na economia local e centenas de pessoas aproveitaram para ter renda extra. 

O comércio do município de Manacapuru manteve aquecido durante os três dias de Festival, diversos setores da economia geraram centenas de empregos direto e indireto. 

O Festival de Cirandas além da cultura, contribui para fomentar o comercio local. Por exemplo o setores hoteleiro, bares e restaurantes são os que mais faturam durante o evento. O  varejista também sente o impacto com a demanda. 

O comercio informal também se intensifica em que centenas de pessoas aproveitam para ter renda extra.
Vendedor Antonio Valdimiro
Foi o caso do vendedor ambulante Antonio Valdimiro, ele que trabalha com vendas de pipocas e churrasco, durante o festival redobra a produção tendo que contratar pessoas para ajuda-lo. 


O vendedor Rodrigo Matos 38, que vive em Alvarães viajou seis dias e se instalou em Manacapuru para a aproveitar e ganhar “uns trocados”. “Eu moro em Alvarães, trouxe meu carrinho de churrasco e hoje ta bombando” Disse. Para ele o bom atendimento boa apresentação faz toda diferença. 




A empresa local conhecido na cidade pelo sabor a Hot Dog Mania, montou uma base para as três noite, O atendente Augusto Alencar disse dobrar os materiais porque a movimentação é intensa.

Já dona Sandra que resolveu colocar uma banca de comida durante o Festa disse que houve melhoras na economia, mas, poderia ser melhor. “Se não viesse muita gente de Manaus toda essa renda ficaria aqui, mas, vem muito ambulante da capital e isso acaba prejudicando o comercio local, tomara que no próximo ano tenha essa proibição” Disse em tom de revolta. 



Por outro lado a catadora de latinhas Dona Maria* 48, gosta quando há festa na cidade, para ela o momento aumenta a produção e toda renda das latinha vai para ajudar a filha que estuda na Capital. “Hoje juntei bastantes latinhas vou juntar com as de ontem sei que vai dar um bom dinheiro”. Afirmou. (*NÃO QUIS SE IDENTIFICAR)


A festa foi organizada pela Prefeitura do Município e está na 22ª edição.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.