Últimas

Provocações, 'fica, Dudu' e MC Deyvin: a festa do título do Palmeiras


A delegação do Palmeiras comemorou o título com sua torcida em frente à Academia de Futebol desde a noite de domingo até a madrugada desta segunda-feira. Em um trio elétrico e sob o comando de Alexandre Mattos, os jogadores provocaram bastante os rivais e fizeram coro pela permanência de Dudu. 
Destaque da campanha, o camisa 7 deve ser novamente assediado por clubes do exterior, como aconteceu em julho, quando o Guangzhou Evergrande (CHN) fez uma oferta alta ao jogador. Mattos chegou a mandar “a China tomar no c...” durante a festa, enquanto o atacante despistou e falou apenas em curtir o momento.
Flamengo e Corinthians foram focos de provocações. Para o time rubro-negro, os jogadores cantavam seguidamente a música que o “cheirinho é meu p...”. Luan, zagueiro formado na base do Vasco, puxou este grito algumas vezes durante a noite. Já o arquirrival foi lembrado, por exemplo, pelos laterais Diogo Barbosa e Victor Luís; o camisa 6, inclusive, carregava uma faixa com os dizeres “chupa gambá”.
Lucas Lima, alvo dessas provocações em 2016, desta vez teve praticamente um pedido de desculpas de Mattos, um dos que mais tiraram sarro dele na época. O cruzeirense Sassá, que acertou um soco em Mayke durante a semifinal da Copa do Brasil, foi mandado tomar no “c...” também por Luan.
Deyverson tornou-se outro ponto alto da noite, inclusive fazendo repentes como MC Deyvin. Com a camiseta da Mancha Alviverde, o autor do gol do título era um dos mais empolgados.
Luiz Felipe Scolari foi encontrar sua família em Porto Alegre (RS) e por isso não estava no trio elétrico. Os conselheiros e patrocinadores José Roberto Lamacchia e Leila Pereira, em compensação, participaram do evento, assim como Nickollas, o jovem palmeirense deficiente visual que tornou-se conhecido durante a campanha.
Este foi o décimo título brasileiro do Palmeiras, que faz seu último jogo contra o Vitória, domingo que vem, no Allianz Parque. Será o dia para levantar a taça e deve haver uma carreata do CT até a arena.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.