Últimas

MANACAPURU: APADRINHAMENTO AFETIVO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES


Sabia que tem crianças e adolescentes aguardando você no Acolhimento Dona Bia?
Venha conhecer e compartilhar momentos de alegria e felicidade com as crianças e adolescentes.
Procure a Secretaria Municipal de Assistência Social ou o CREAS no bairro de Aparecida, próximo ao Galpão da Guerreiros Mura.
O que é apadrinhamento afetivo?
Apadrinhar afetivamente uma criança é permitir que ela passe algum tempo com você, por alguns períodos, um dia da semana ou o final de semana, sem implicar qualquer vínculo jurídico.
O Padrinho ou Madrinha é alguém que queira auxiliar e acompanhar a vida de uma criança ou adolescente que está no acolhimento Dona Bia.
Cada padrinho ou madrinha terá liberdade de escolher lugares para passear, ocasiões e demais atividades para realizar com o afilhado, participando efetivamente da vida da criança ou adolescente.
O que posso fazer com meu afilhado afetivo?
Veja as atividades que podem ser feitas com seu afilhado afetivo:
Levar para passear;
Acompanhar e ajudar nas tarefas da escola;
Levar ao médico e ao dentista;
Realizar brincadeiras em dias de visita ao abrigo;
Levar (se desejado) o afilhado para passar um dia ou fim de semana em sua residencia.

Quem pode apadrinhar?
Veja os critérios para o Apadrinhamento Afetivo:
Ter disponibilidade de tempo para participar efetivamente da vida do(a) afilhado(a) (visitas ao abrigo, a escola, passeios, etc.);
Ter mais de 21 anos (respeitando a diferença de ser 16 anos mais velho do que a criança ou adolescente);
Participar das oficinas e reuniões com a equipe técnica do projeto;
Apresentar toda a documentação exigida;
Consentir visitas técnica na sua residência;
Respeitar as regras e normas colocadas pelos responsáveis do projeto e dos abrigos.
Como apadrinhar?
Você pode entrar em contato diretamente com o Creas, ou falar com a Coordenação do Acolhimento Dona Bia.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.