ÚLTIMAS NOTICIAS

REVOLTANTE: ESTUPROU CINCO CRIANÇAS EM MANAUS; SOBRINHO ESTÁ ENTRE AS VÍTIMAS


Um homem de 30 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (24) no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, suspeito de abusar sexualmente de cinco crianças. Dentre elas, quatro são sobrinhos dele e um filho de um vizinho, entre cinco e dez anos. Segundo a polícia, para atrair as vítimas, o homem oferecia guloseimas.

As investigações em torno do caso foram iniciadas em maio do ano passado, após o registo de um Boletim de Ocorrência (B.O) na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). Na ocasião, as vítimas moravam no bairro Alvorada II, na Zona Centro-Oeste da capital.

De acordo com a delegada titular da Depca, Joyce Coelho, dois Boletins de Ocorrência em nome do suspeito foram registrados com o crime de estupro de vulnerável. A primeira denúncia foi realizada pelos pais da criança vizinha, que também relatou que o suspeito abusava dos sobrinhos. Em depoimento para a polícia, as crianças contaram que teriam visto o abuso de cada um realizado pelo homem.

“Nós temos dois boletins de ocorrência noticiando a prática de estupro de vulnerável contra o autor que foi preso. Ele é o perfil do pedófilo, ‘abusador contumaz’, que abusou dos quatro sobrinhos que moravam próximo da residência e de um coleguinha, vizinho, que ia brincar com os sobrinhos”, explicou.

A delegada informou também que o laudo de conjunção carnal atestou o crime. O suspeito fugiu do bairro após familiares das vítimas descobrirem os casos. Para a polícia, ele informou que foi baleado por traficantes do bairro.

“Na época, ele [suspeito] alega que teria tomado um tiro de supostos traficantes da área que não gostaram de saber que ele era um pedófilo. Então, desde novembro do ano passado ele vinha se escondendo, representamos pelo pedido de prisão e obtivemos êxito”, informou a delegada.

O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

G1

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.