Breaking News

Decreto de convocação não passava de uma brincadeira por parte dos homens casados que queriam se divertir





Era tudo fake news, alegria de pobre dura pouco. O decreto que circulou hoje nas redes sociais não passava de uma brincadeira por parte dos homens casados que queriam se divertir no carnaval sem a preocupação das esposas perguntarem por estão. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O decreto que tinha o brasão do governo federal e a convocação do presidente Jair Bolsonaro não passava de uma leva descontração por parte dos internautas, que queriam gozam de 5 dias sem as esposas. 

O decreto existe realmente, mas a brincadeira só ganhou forças por que coincidiu com as vésperas do carnaval e os conflitos que vem acontecendo nos últimos dias que envolve a Venezuela. 

Na convocação os homens de 18 a 60 anos eram convocados pelas forças armadas para aderirem a pátria amada e lutar em favor do País contra a Venezuela que passa por uma difícil fase política e econômica. 

Os convocados para guerra teriam que se apresentar na sexta feira para um treinamento sigiloso e em seguida se apresentaria a tropa do bloco da “Gelada e da Putaria”, é incrível como muitas pessoas acreditaram na convocação que não passou de um verdadeiro fake news. Irritadas as mulheres aderiram a brincadeira e se propuseram usar as redes para expressar sua indignação e ao mesmo tempo declaram a favor da pátria, em alguns perfis as mais ousadas disseram: “Que comecem os jogos”. “Vamos à luta”, “Tudo pela pátria”.



Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.