Últimas

Aplicação das emendas parlamentares é cobrada por prefeitos à Aleam

Aplicação das emendas parlamentares é cobrada por prefeitos à Aleam

As emendas impositivas destinadas a diversos segmentos para o interior do Amazonas e o Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) foram discutidos em reunião da bancada estadual e prefeitos do interior, na tarde desta segunda-feira, 18 de março.


Programada para debater temas estaduais voltados ao interior do Estado, a reunião foi articulada pela Associação Amazonense de Municípios (AAM) e conduzida pelo presidente Andreson Cavalcante, que destacou a importância da soma de esforços na busca de soluções para diversos problemas enfrentados pelos prefeitos.

“Queremos fortalecer cada vez mais a união entre os prefeitos para que possamos reivindicar melhorias para nossos municípios na busca de soluções de problemas comuns. Não podemos abrir mão de nenhuma verba para nossa população”, declarou o presidente da AAM.

Para o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual, Josué Neto (PSD), a iniciativa da AAM mostra o interesse em solucionar impasses e levar melhorias ao interior.

“A AAM tem buscado participar das discussões, e nós pedimos que os prefeitos nos dê apoio. Nossas emendas são para auxiliar os prefeitos a chegarem a lugares que nunca alcançaram. Esperamos que seja dada continuidade nessas agendas”, afirmou Neto.

Para o deputado estadual de primeiro mandato e líder do governo, Carlinhos Bessa (PV), a administração estadual passa por um novo momento.

“Mostramos um governo diferente no Estado. Sabemos que a saúde no interior está muito precária e são diversos problemas existentes em vários outros segmentos. O governo já se comprometeu em aplicar as emendas”, disse Bessa.

Recurso é indispensável para o interior

Cerca de 25 prefeitos e 12 deputados estaduais estiveram presentes na reunião e destacaram importância das verbas para o interior.

Ressaltando a importância das emendas impositivas, o prefeito de Parintins (a 369 km da capital), Bi Garcia (PSDB), diz que, os 2% do valor do orçamento são essenciais para o interior, assim como o repasse do FTI.

“Essas reuniões são importantes para trabalharmos ações efetivas da Aleam para beneficiar o interior. Precisamos dessa fatia do bolo do orçamento estadual para poder melhorar nossos municípios, assim como não podemos abrir mão do FTI. Ele é destinado para o interior”, disse o prefeito.

Para o prefeito Ivon Rates (Pros), de Envira (a 1.216 km da capital), é importante realizar um levantamento que pontue a quantidade das emendas para o interior e um levantamento de outras possíveis verbas.

“É importante que os deputados possam fazer um levantamento sobre outros fundos que sejam alcançados até o interior do Amazonas e fazer valer a lei, chegando esses recursos ao destino final anualmente”, ressaltou Ivon.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.