Últimas

Corinthians encerra maratona de fevereiro com os quatro principais objetivos alcançados


Não foi ainda com futebol vistoso e time seguro que a torcida espera, mas o Corinthians passou pela maratona de fevereiro, atingindo todas as metas estabelecidas em janeiro, quando recomeçou o trabalho do técnico Fábio Carille.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Entre os dias 2 e 27 de fevereiro, foram oito jogos em 26 dias, ou quase um jogo a cada três dias. E o Corinthians conseguiu, apesar dos sustos:

1) Uma classificação na Copa Sul-Americana contra o Racing, líder do Campeonato Argentino;

2) Duas classificações na Copa do Brasil, contra o Ferroviário-CE e o Avenida (RS);

3) Vitórias nos clássicos contra o Palmeiras, na Arena Palmeiras, e o São Paulo, na Arena Corinthians;

4) Liderança no Grupo C do Campeonato Paulista - estava em terceiro no fim de janeiro.

Danilo Avelar fez o gol da vitória sobre o Palmeiras, no início de fevereiro — Foto: Marcos Ribolli Danilo Avelar fez o gol da vitória sobre o Palmeiras, no início de fevereiro — Foto: Marcos Ribolli
Danilo Avelar fez o gol da vitória sobre o Palmeiras, no início de fevereiro — Foto: Marcos Ribolli

A série foi fechada na noite de quarta-feira, e de forma emocionante no El Cilindro de Avellaneda, estádio do Racing.

– A ideia era controlar o primeiro tempo e ser mais agressivo no segundo, mas infelizmente tomamos o gol e a gente passou a ser mais agressivo logo no intervalo – afirmou Fábio Carille, explicando por que antecipou a substituição de Clayson por Vagner Love.

Contra os pequenos, o goleiro Cássio, novamente herói em disputa por pênaltis, afirma que o time tem se cobrado para não tomar tantos sustos. Isso aconteceu contra o Ferroviário e o Avenida, por exemplo.

– Algumas vezes já aconteceu neste ano, quando está enfrentando times de menor expressão, a gente dá mole, acaba tomando gol e tem de correr atrás depois. A gente está se cobrando diariamente – disse.

Para o comentarista Caio Ribeiro, o Corinthians sofreu, mas ganhou corpo nas decisões de fevereiro, principalmente nos "jogos grandes".

– Está sofrido, mas é início de temporada e já tem uma marca do trabalho do Carille, que é resposta nos jogos grandes. Ganhou o clássico contra o Palmeiras, ganhou o clássico contra o São Paulo, foi buscar (a classificação) contra o líder do Campeonato Argentino... "Ah, mas o Racing poupou os titulares...", problema deles. O Corinthians foi lá e ganhou. Corinthians vai ganhando corpo, vai ganhando moral.

O Timão volta a jogar no próximo sábado, contra o São Bento, em Sorocaba, pelo Paulistão.

Relembre como foram os jogos do Corinthians em fevereiro:

02/02 - Palmeiras 0 x 1 Corinthians (Paulistão)
07/02 - Ferroviário 2 x 2 Corinthians (Copa do Brasil)
10/02 - Novorizontino 1 x 0 Corinthians (Paulistão)
14/02 - Corinthians 1 x 1 Racing (Sul-Americana)
17/02 - Corinthians 2 x 1 São Paulo (Paulistão)
20/02 - Corinthians 4 x 2 Avenida (Copa do Brasil)
24/02 - Botafogo-SP 0 x 1 Corinthians (Paulistão)
27/02 - Racing 1 (4) x (5) 1 Corinthians (Sul-Americana)

Fonte: G1

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.