Últimas

Mais de 500 pessoas são beneficiadas em dois dias de doações para vítimas do Educandos


Em dois dias de atendimento, 513 pessoas receberam doações da sociedade arrecadadas pela Prefeitura de Manaus, por meio da campanha #ManausSolidária. As doações são para as vítimas do incêndio em Educandos, zona Sul, ocorrido em 17 de dezembro do ano passado. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Do total, 337 pessoas realizaram a retirada dos donativos na quinta-feira, 28/2, e mais 176 receberam nesta sexta-feira, 1 de março. A retiradas dos donativos é feita de forma periódica e acontece na Agência de Desenvolvimento Local (ADL) Cajual, Morro da Liberdade.

Todas as pessoas que receberam as doações estão cadastradas pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc). Os itens arrecadados pela prefeitura serão doados periodicamente para as famílias até o mês de junho.

“Desde o dia do incêndio, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, estão acompanhando de perto a situação dos moradores e hoje estamos mais uma vez no Cajual. Já foram cinco ações e já distribuímos em torno de seis mil cestas básicas, um número incontável de peças de roupas, sapatos, kits de higiene, fralda, leite líquido, fazendo esse acompanhamento por mais alguns meses, como orientação do próprio prefeito”, informou a vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella.

Ainda segundo a vice-presidente, todas as famílias cadastradas na Semasc estão recebendo, desde janeiro, o Aluguel-Social. “A partir desse benefício, toda e qualquer doação para abrigos que não estão mais recebendo moradores foi desativada. Quem quiser continuar doando mantimentos, não só para as vítimas do Educandos, mas para outras ações do Fundo Manaus Solidária, podem procurar a Casa Militar da Prefeitura”, explicou Santaella.

Para as doações, a Casa Militar fica localizada na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, nº 770, bairro Compensa, zona Oeste.

Famílias vítimas do incêndio, como a da pedagoga Suelen Nunes, estão recomeçando suas vidas a partir dessas doações. “Nós perdemos tudo, então todo o apoio que estamos recebendo é importante. Agradeço ao prefeito Arthur e toda a prefeitura que não abandonou a gente. Já tive um caso de incêndio na família e não recebemos apoio, então sabemos o quanto é importante, assim como o Aluguel-Social, que nos ajuda a procurar uma nova moradia”, destacou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.