ÚLTIMAS NOTICIAS

EDUCAÇÃO - Mais de 245 mil alunos da rede municipal de ensino participam de Semana da Literatura Amazonense

A rede municipal de ensino de Manaus deu início, nesta segunda-feira, 1º/4, à programação da Semana da Literatura Amazonense. A ação envolverá os mais de 245 mil alunos matriculados nas 496 unidades da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Até sexta-feira, 5/4, serão realizadas várias atividades, de acordo com a programação escolhida pelas escolas.

 Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A semana foi instituída por meio da Lei Municipal N°882/2005, que dispõe que o início do mês de abril seja destinado para trabalhar a temática nas escolas.

O objetivo da ação é divulgar a literatura local, bem como os escritores, nas escolas da rede municipal de ensino, a fim de promover e estimular a leitura de obras de escritores amazonenses, como forma de valorizar as produções e cultura regionais. 

Durante a Semana da Literatura Amazonense, serão realizadas atividades pedagógica, tais como exposições de livros, concursos de poesias, de literatura, gincanas, feiras culturais, palestras, homenagens, além de outras atividades que estimulem o corpo docente e discente à pesquisa das produções locais. 

A coordenadora municipal das bibliotecas escolares da Semed, Loana Uchoa Portela, responsável pela realização da ação junto com as sete Divisões Distritais Zonais (DDZs) da secretaria, ressaltou a importância do evento para os alunos da rede.

“Antes, tanto os adultos, quanto as crianças não tinham conhecimento sobre os escritores amazonenses. Hoje, eles já conhecem, pedem livros, gostam de ler e é um incentivo a mais para os alunos, porque eles trabalham não somente na semana, mas o mês inteiro a literatura amazonense”, explicou.

Programação

A Escola Municipal Alfredo Linhares, bairro São José 1, na zona Leste, iniciou as atividades da Semana da Literatura Amazonense com o tema “Os Estatutos do Homem”, do poeta amazonense Thiago de Mello. Durante a semana, a coordenação pedagógica realizará sessão de cinema com tema “Direitos Humanos para crianças”, Sarau literário, palestras, exposição de fotos, ateliê de modelagem em argila, entre outras atividades, envolvendo aproximadamente 320 alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental.

Segundo o diretor da escola, Jonssen Freitas Pinto Souza, o tema foi escolhido na reunião de planejamento junto com os professores, levando em consideração acontecimentos ocorridos no Brasil e no mundo, como a tragédia na escola de Suzano, em São Paulo.

“É uma forma de pegarmos nossos alunos e fazer com que eles entendam e compreendam que devem respeitar a vida como um todo. A mensagem fica dentro do Estatuto do Homem. Eles vão ver ali que existem vários aspectos de respeito à vida”, contou.

Uma das coordenadoras da semana na escola, a professora de Língua Portuguesa, Tayse da Silva Serrão, disse que a temática também é baseada no assunto trabalhado no primeiro bimestre: “Respeito a vida”. Segundo a educadora, a obra do autor traz uma mensagem muito reflexiva e que pode servir de aprendizado para os alunos. 

“Nós escolhemos a temática dele (Thiago de Mello), juntamente com a vida, natureza do ser humano, com as questões sociais, política, enfim, o que estamos precisando dentro da sala de aula, do nosso espaço escolar, dadas as circunstâncias de violência que temos vivido, principalmente no Brasil”, comentou.

Para aluna do 9º ano matutino, Taiza Lima da Silva, 14, que se preparou muito para conhecer o trabalho do poeta, é importante não apenas a obra do autor, mas a mensagem que pode servir de exemplo para vida como um todo.

“Aconteceu uma coisa muito ruim em Suzano, no massacre da escola, e achei uma ótima escolha do tema. Acho que isso faz com que muitas pessoas parem para refletir um pouco o que estão fazendo, tanto com as outras, assim com elas mesmas. Devemos refletir um pouco sobre o nosso cotidiano, o nosso Brasil, sobre as escolhas que estamos fazendo e o que está acontecendo atualmente”, contou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.