ÚLTIMAS NOTICIAS

PC prende 42 pessoas e apreende oito adolescentes durante a operação ‘#PC27’

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na manhã desta quarta-feira (24/04) a operação “#PC27”. A ação foi  desencadeada de forma simultânea em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal.
Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO
Em Manaus foram cumpridos mandados de busca e apreensão e prisão em todas as zonas da capital. Ao todo, 42 pessoas foram presas e oito adolescentes foram apreendidos, por envolvimento em crimes como tráfico de drogas, roubo, homicídio, estupro de vulnerável, entre outros.
O balanço da operação foi divulgado durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da 1ª Seccional Sul, no bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul da cidade, e contou com as presenças do secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, do delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Lázaro Ramos, delegado-geral adjunto, Orlando Amaral, do diretor do Departamento de Polícia Metropolitana da instituição, delegado George Gomes, além dos delegados que participaram da operação.
O secretário da SSP-AM enfatizou os trabalhos que estão sendo realizados na capital, pelos órgãos que compõe a segurança pública. “O Sistema Nacional de Segurança Pública está desenvolvendo em todo país uma grande operação envolvendo as polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros. Hoje, temos como destaque o trabalho da Polícia Civil, por meio do qual foram presas 42 pessoas e oito adolescentes apreendidos. Esses indivíduos cometeram crimes na cidade e tiveram suas prisões decretadas”, pontuou Bonates.
Continuidade – Na ocasião, o delegado-geral destacou que a operação terá continuidade. “Em Manaus o resultado da operação foi satisfatório. Tivemos pessoas presas em cumprimento de mandado de prisão preventiva e outras em flagrante por tráfico de drogas, armas e outros crimes. Destaco que essa operação irá continuar em outro momento, com intuito de localizar e prender outros foragidos, que hoje não foram encontrados”, disse Lázaro Ramos.
Das 42 pessoas presas, 28 foram presas em cumprimento de mandados de prisão e 13 foram presas em flagrantes por crimes distintos. Ao longo da operação foram apreendidas substâncias entorpecentes, entre oxi, maconha e cocaína, duas armas de fogo, munições intactas, balança de precisão, celulares, uma TV de LCD, além de dinheiro em espécie, oriundos do tráfico de drogas na cidade.
No Amazonas, a operação envolveu policiais civis lotados nos 30 Distritos Integrados de Polícia (DIPs) na capital, oito especializadas, além do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc).
Caso de destaque – Durante os trabalhos, policiais civis do 3º DIP prenderam Victor Silva de Jesus, 20, em cumprimento de mandado de prisão por homicídio qualificado. O jovem está envolvido no homicídio da lutadora de jiu-jítsu Patrícia da Cunha Leite, ocorrido na madrugada do dia 27 de janeiro deste ano, na casa da vítima, situada na rua 31 de Julho, bairro Japiim, zona sul. A vítima tinha 24 anos. O crime aconteceu durante a festa de aniversário da lutadora de jiu-jítsu.
Procedimentos – Ao término dos procedimentos cabíveis na 1ª Seccional Sul, as pessoas presas em cumprimento de mandados de prisão serão encaminhadas para unidades prisionais da capital. Já os  13 presos em flagrante serão levadas para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da cidade. Os adolescentes serão conduzidos à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).
Operação ‘#PC27’ – A operação está inserida no escopo operacional do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, visando os cumprimentos de mandados de prisão em aberto, oriundos dos trabalhos investigativos das Polícias Civis, com intuito de promover e integrar o Sistema Único de Segurança Pública, coordenado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.