ÚLTIMAS NOTICIAS

CULTURA - História do mercado Adolpho Lisboa é tema de seminário no Café Teatro

Enaltecendo a história e arquitetura da construção do mercado Adolpho Lisboa, o professor e historiador Otoni Mesquita integra a programação de palestras da 17ª Semana Nacional dos Museus com o seminário "Mercado Adolpho Lisboa - História e Arquitetura".  A atividade acontece nesta sexta-feira, 17/5, às 15h, no Les Artistes Café Teatro, localizado no Centro Histórico de Manaus.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o professor e historiador Otoni Mesquita, abordará durante sua palestra, publicações resultantes de seu mestrado em História e Crítica da Arte pela Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado em História, pela Universidade Federal Fluminense (UFF): “Manaus: História e Arquitetura – 1850/1915” e “Manaus: uma cidade entre dois tempos – 1890/1910”.

“Essas publicações resumem a história da cidade pelo ponto de vista material lembrando o quanto a civilização manauense evoluiu. Há uma abordagem histórica sobre o mercado, sobre a construção no período provincial. Ainda sim, mesmo após os acréscimos ao prédio original e a série de modificações, o mercado se manteve vivo e animado, mantendo vivo um dos monumentos mais importantes da cultura amazônica”, disse Otoni.

Além das atividades acadêmicas, Otoni atua como artista plástico desde 1975, desenvolvendo obras em variados suportes, gêneros e materiais.

Educação patrimonial

Na tarde desta quinta-feira, 16/5, dando continuidade à programação, a arquiteta urbanista Alcilânia Lima ministrou no Les Artistes Café Teatro, a palestra “Educação Patrimonial como Instrumento de Preservação e Sustentabilidade da Memória Cultural”.

Alcilânia citou sua trajetória acadêmica e levantou o debate educação X sustentabilidade, com destaque para cinco vertentes: econômica, ambiental, social, cultural e política.

A arquiteta explicou que a educação patrimonial é a interação de pessoas com sua cultura e materiais, e ressaltou a necessidade de estimular as crianças sobre o tema. "Talvez com 3 ou 4 anos, as crianças não entendam o que seja um sítio arqueológico, mas é importante explicar para inserir a cultura desde cedo, como uma experiência interessante de ver um quadro, um desenho", comentou.

Alcilânia concluiu sua apresentação destacando que o reconhecimento, apropriação, valorização e preservação são pontos essenciais para a educação patrimonial.

Semana dos Museus

Nesta sexta-feira, 17/5, a palestra de Otoni Mesquita encerrará a programação de seminários realizados pela Prefeitura de Manaus da 17ª Semana Nacional dos Museus. Com o tema “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”, a Semana Nacional dos Museus, idealizada pelo Instituto de Museus (Ibram), acontece simultaneamente em diferentes cidades brasileiras.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.