Breaking News

EDUCAÇÃO - Programa Profuturo Aula Digital será implantado em mais 57 escolas da rede municipal


Na manhã desta quinta-feira, 30/5, mais 57 escolas da Prefeitura de Manaus que participarão do programa ProFuturo Aula Digital, conheceram os kits que fazem parte do projeto que é coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O material contém 34 tablets, notebook, roteador, miniprojetor, tela de projeção e carregador portátil. O encontro foi realizado na sede da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) e contou com a presença de parceiros da Fundação Telefônica/Vivo e da Fundação Vitória Amazônica.

Com a inclusão dessas escolas, o Profuturo atenderá, a partir de agora, 265 unidades de ensino que atendem alunos do ensino fundamental, anos iniciais. Serão sete escolas da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, seis da DDZ Oeste, nove da DDZ Norte, duas da Centro-Sul, nove na Leste 1, seis na Leste 2 e 18 na rural, cinco rodoviárias e 13 ribeirinhas. Para utilização dos recursos, as escolas passarão por formação até o final do ano.

A chefe do Departamento de Gestão Educacional (Dege), Marcionília Bessa, apontou que a secretaria está sempre em busca de parcerias que apoiem no sentido de cumprir as metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação (PNE). “Essa parceria é bem-vinda, reconhecemos todo trabalho e esforço dos parceiros e nos organizamos para atender as demandas também”, comentou.

A responsável pelo território na Fundação Telefônica, Jussineide Ribeiro, disse que Manaus, como a primeira capital a receber o programa, a princípio teria apenas duas escolas contempladas, mas no primeiro ano já são 140 unidades. “Ainda vamos contratar uma empresa para medir os resultados, mas pelos depoimentos que recebemos, conseguimos perceber que já está sendo um sucesso”, concluiu.

Uma das novas unidades contempladas com o projeto é a escola municipal Vila da Felicidade, localizada na zona Leste. O gestor da unidade, Francisco Salles, declarou que embora os resultados escolares sejam muito bons, ele sempre esteve em busca de trabalhar com o Profuturo Aula Digital, para poder trazer um diferencial na educação dos seus estudantes.

“Estávamos atrás de acrescentar esse projeto porque as crianças da escola vão ter mais interesse em estudar e nós vamos poder trabalhar outras metodologias de ensino, diferentes estratégias”, disse o gestor, que acrescentou que sempre teve muitas ideias sobre como trabalhar a educação aliada à tecnologia e que esse benefício trará novidades para o trabalho.

Profuturo

O projeto Aula Digital é uma iniciativa da Fundação Telefônica Vivo, em parceria com a Semed, que visa facilitar o acesso à educação de qualidade para crianças em risco de vulnerabilidade social, baseado em quatro pilares: Inspirar (Formação continuada de professores); Experimentar (Formação em serviço de educadores); Personalizar (equipamentos, plataforma e conteúdos Digitais) e Ir Além (Fortalecimento do ecossistema de inovação).

Manaus foi o primeiro município do país a receber o projeto, há um ano. Nesse período, 775 educadores da rede passaram por formação continuada, com acesso a um ambiente de aprendizagem e conteúdos pedagógicos digitais, cujo objetivo foi propiciar um terreno fértil para o desenvolvimento de planos de ação para inovação das práticas pedagógicas.

O Profuturo Aula Digital estará presente em mil unidades de ensino no ano de 2019, em cinco territórios. Manaus terá 265 escolas participantes e, em 2020, mais 57 escolas serão incluídas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.