ÚLTIMAS NOTICIAS

Mais 73 homens da Força de Intervenção Penitenciária chegam a Manaus nesta quarta-feira, diz Ministério da Justiça


Grupo vai atuar em todas as unidades prisionais do estado e capacitar agentes penitenciários e integrantes do GIP

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Um grupo de 10 integrantes da Força de Intervenção Penitenciária (FIP) chegou a Manaus na noite de ontem (28/05) e mais 73 devem desembarcar nesta quarta-feira (29/05) na capital do Amazonas, segundo informações repassadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). O grupo vai reforçar o monitoramento das unidades prisionais do estado e também capacitar agentes penitenciários e profissionais do Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP), criado este ano pelo Governo do Amazonas.

No domingo (26/05), um coordenador da Força de Intervenção Penitenciária chegou a Manaus para iniciar as tratativas com a cúpula de segurança pública do Estado. Conforme conversa do governador Wilson Lima com o ministro Sérgio Moro, pelo menos 100 homens da FIP devem atuar nos presídios de Manaus.

O grupo vai operar em todos os presídios do Amazonas, especialmente naqueles onde aconteceram as mortes dos internos. Segundo o secretário-executivo da Seap, tenente-coronel André Luiz Gioia, entre os procedimentos realizados pela FIP está a realocação de internos ameaçados.

“Já contextualizamos para eles o que aconteceu e eles vão fazer uma análise de todas as unidades e estabelecer um protocolo de procedimentos para saber como vão atuar. Após essa análise, eles vão atuar na capacitação dos agentes que trabalham nas unidades prisionais, bem como o GIP. Eles vão analisar, fazer um protocolo de atuação e aplicar nessa capacitação”, afirmou o secretário-executivo.

O grupo também deve auxiliar no monitoramento de outras unidades penitenciárias, dando suporte às equipes de segurança nos locais.

Transferência de presos – Na terça-feira (28/05), nove detentos, identificados como mandantes das 55 mortes ocorridas nas penitenciárias de Manaus no último domingo e segunda-feira, foram transferidos para presídios federais. Três foram para a Penitenciária Federal de Brasília, no Distrito Federal. Outros seis foram para Penitenciária Federal de Catanduvas, no estado do Paraná. Até o fim da semana, outros 20 internos também devem ser transferidos para presídios federais.

“Nós precisamos preparar toda a documentação dos internos, encaminhar para o Judiciário do Amazonas, que então encaminha para a Justiça Federal, para que a Justiça Federal possa abrir a vaga nas unidades federais. Depois disso, a Justiça retorna para o Estado e a Seap providencia a aeronave para fazer o deslocamento”, explicou o secretário-executivo.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.