ÚLTIMAS NOTICIAS

EDUCAÇÃO - ​Alunos representantes da rede municipal de ensino, em Nova York, tem última aula de inglês antes da viagem


Com um good luck (boa sorte) os alunos que representarão a rede municipal de ensino na Genius Olympiad - exposição científica, em Nova York (EUA) - participaram da última aula de inglês do Programa Ampliando Horizonte (PAH), da Prefeitura de Manaus, na tarde desta quinta-feira, 6/6. Os alunos embarcam no próximo dia 16 para a competição que será realizada no período de 17 a 21 deste mês. A apresentação dos estudantes manauaras será no dia 19. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

“Que eles brilhem tanto quanto os nossos alunos que foram para a Dinamarca e que tiveram um ótimo desempenho no torneio de robótica da Lego. É motivo de muito orgulho ver que a nossa rede de ensino pode propiciar vivências como essas aos nossos alunos, que abrem novos horizontes”, desejou o prefeito, mencionando a evolução da educação básica em Manaus, que em sua gestão está entre as dez mais bem avaliadas no país no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Com a ajuda de várias secretarias municipais, professores e apoio das famílias, os estudantes conseguiram tirar os vistos e comprar as passagens. A titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, que acompanhou a última aula, falou da experiência que os alunos terão ao participar da competição em Nova York, levando o nome de Manaus para outro país e mostrando os índices da educação e o empenho de toda rede de ensino municipal.

“Esse projeto é a demonstração do trabalho responsável, comprometido e competente que a Prefeitura de Manaus faz pela educação básica, que não poupou esforços para ajudar com as passagens das crianças. Nós estamos mostrando para o mundo o fato de termos conseguido elevar o nosso índice de aprendizagem. E isso se deve à equipe maravilhosa dos professores que fazem parte da Semed e também do compromisso com um ensino de qualidade da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto”, comentou Kátia. 

As aulas de inglês básico são voltadas para a apresentação e, desde abril, são realizadas três vezes na semana, no turno vespertino, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), na sede da Semed, na avenida Maceió, Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

A coordenadora do PAH, Suellen Barros, disse estar muito feliz com a dedicação dos alunos e garantiu que eles já se preparam para a apresentação. “A equipe de professores do Programa Ampliando Horizonte está muito feliz em ter feito parte desse projeto, que será um diferencial na vida desses alunos. Eles estão preparados para esse desafio”, afirmou.

Expectativas

Victor Souza e Alice Gomes, 15; Maria Clara Rebelo e Ana Clara Nascimento, 14, eram alunos das escolas municipais Lucila Freitas e Engenheiro Alberto Braga, em 2018, quando participaram e alcançaram o 1º lugar da 6ª Feira de Ciências da Amazônia (FCA), onde foram apresentados 31 projetos científicos por escolas estaduais, municipais e privadas.

Os dois projetos que serão apresentados na competição internacional tratam sobre sustentabilidade geográfica e preservação da água como recursos hídricos. As credenciais para a Genius Olympiad foram oferecidas aos vencedores pela Associação Brasileira de Incentivo à Ciência (Abrinc). A Genius acontece na Universidade Estadual de Nova York, em Oswego. 

“As aulas foram bastante produtivas. Os professores ensinaram de uma forma que a gente conseguiu entender facilmente e tudo o que vamos usar nas apresentações e na viagem”, disse Alice.

Pais e responsáveis dos estudantes também participaram do momento que causou muita emoção. “Eu estou feliz com a conquista da minha filha, ela é uma pessoa focada e dedicada nos estudos. Eu sei que a vontade dela é mudar o mundo, exatamente como ela fez no projeto”, declarou Francisco Silva, cheio de orgulho da filha Alice.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.