Breaking News

EDUCAÇÃO - Escolas municipais da zona Sul recebem a exposição 'Mundo das Miniaturas'


Oito unidades de ensino da rede municipal, que atendem a educação especial e ensino fundamental, localizadas na zona Sul de Manaus, recebem até o mês de julho a exposição “Mundo das Miniaturas”, do artesão Renan Oliveira. Os trabalhos artesanais em miniaturas são feitos com papel, papelão, latinhas, garrafas pet, entre outros materiais que iriam para o lixo. A apresentação também é aberta a comunidade.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

As obras são inspiradas em temas que envolvem o universo geek, que se refere a pessoas peculiares ou excêntricas, fãs de tecnologia, eletrônica, jogos eletrônicos ou de tabuleiro, histórias em quadrinhos, livros, filmes e séries. 

A escola municipal Teresa Rosa Abtibol, no bairro São Francisco, que atende a educação infantil, ensino fundamental (1º ao 5º anos), Educação especial e de Jovens e Adultos (EJA), recebeu a exposição nesta terça-feira, 11/6, e surpreendeu os 530 alunos matriculados na unidade.

Marlon Mitozo, 10, do 5º ano, ficou encantado com as peças, principalmente com a do personagem ‘Homem de Ferro’. “Eu nunca tinha visto uma exposição com materiais reciclados, o personagem que eu mais gostei foi o ‘Homem de Ferro’, ele é grande, todo feito com latinha de refrigerante e ficou muito parecido com o boneco mesmo”, comentou Marlon. 

O artesão Renan iniciou a confecção das miniaturas em 2014. Ele explicou que uma peça grande, como o ‘Homem de Ferro’, demora aproximadamente três meses para ficar pronta, já uma mais simples, em dois dias ele conclui. O artista também aproveita o momento da exposição para explicar aos alunos a importância da reciclagem.

“Todo tipo de material que iria para o lixo é reaproveitado. As crianças precisam entender que aquele material que a gente pensa que não tem mais serventia e seria descartado, acumulando mais lixo na natureza, pode virar obra de arte e eles ficam encantados com as peças”, disse o artista, que tem 50 peças prontas. 

Agenda

A exposição atenderá duas escolas por semana e, de acordo com a assessora pedagógica da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Aline Correa, são as unidades que já iniciaram a Feira de Ciências e que têm o meio ambiente como tema.

“Como todas as escolas estão voltadas para esse tema, resolvemos realizar essa exposição com personagens que eles gostam e totalmente fabricados com material reciclado. Se cada criança aproveitar o lixo que seria descartado e transformar em arte, o nosso meio ambiente não sofreria tanto”, explicou a assessora.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.