ÚLTIMAS NOTICIAS

Mulher que acusou Neymar de estupro tem dívida de 30 mil reais e ação de despejo



Foi descoberto que um dia antes dela prestar queixa contra Neymar, na última quinta-feira (30), que o juiz Luiz Raphael Nardy Lemcioni Valdez, da 6ª Vara Civil de Santo Amaro, a condenou à revelia, por conta de alugueis atrasados desde agosto de 2018. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Najila ia ser despejada da residência onde morava, localizado à Rua Adolpho Pinheiro, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Ela teria que pagar o valor de R$ 26.712,00, acrescidos de multa de três meses de aluguel, além de custos processuais. 

A ação foi promovida por Marcus Viniccius Picconi e Verena Regina Fiori Ferreira e distribuída em 19 de março de 2019. Provavelmente Neymar e Najila já estariam tendo contato nesse período.

Ela teria sido acionada também pela Escola Panamericana de Artes, onde tem uma pendência de R$ 4.160,77 reais, um mês antes. No entanto o processo segue em trâmite, já que oficiais de justiça ainda não conseguiram citá-la.

Antes destas datas, Najila não possuía débitos registrados nos órgãos de proteção.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.