ÚLTIMAS NOTICIAS

Polícia tem aumento de 28% em registros de violência contra idosos


Entre janeiro e abril, houve aumento nas denúncias e no registro de violência contra idosos em Manaus. Ao todo, foram formalizadas 4.681 ocorrências, crescimento de 28% na comparação com o mesmo período do ano passado, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Para a titular da Delegacia Especializada de Crime Contra Idoso (DECCI), Andrea Nascimento, a maior notificação de casos pode ser encarada como positiva, uma vez que representa segurança das vítimas em denunciar e também maior engajamento da sociedade no combate a esse tipo de violência, na maioria das vezes represada em ambiente doméstico.

Em alusão ao Dia Mundial da Conscientização da Violência contra Pessoa Idosa, comemorado neste sábado (15/06), os órgãos da rede de proteção do Governo do Amazonas vão realizar uma caminha com concentração na Praça do Congresso, no Centro da capital. A concentração é a partir das 7h30.

O número de casos registrados até abril engloba nove tipos de crimes. Enquanto este ano, foram 4,6 mil ocorrências, ano passado, foram 3.666. Este ano, os principais registros são relacionados a furto (1.115), roubo (502), ameaça (405), injúria (369) e perturbação da tranquilidade (200).

“Esse aumento, considerando que a DECCI passou a ter uma visibilidade maior, acaba sendo um dado positivo no sentido de que hoje os idosos se sentem mais encorajados e mais seguros de denunciar, e a população também está olhando e relatando casos suspeitos à polícia”, ressaltou a delegada do Idoso.

Andrea Nascimento ressalta que o fortalecimento da rede proteção, tanto para quem denúncia quanto para quem esta sendo vitima, é determinante para efetividade do processo.

“A atuação da polícia se dá por meio de uma delegacia especializada, com o encaminhamento para os outros órgãos, como serviço de apoio do serviço social, que é o Cipid (Centro Integrado de Proteção à Pessoa Idosa), que funciona juntamente à delegacia (especializada), assim como a Defensoria Pública do Estado, para as ações civis. O fortalecimento de toda essa rede faz com que a gente possa trazer a efetividade e a garantia de fato dos direitos”, destaca.

Por fim, a delegada disse que existem ocorrências consideradas sazonais, quando alguns tipos de violência se tornam mais frequentes. “Nós temos no final desse mês, por exemplo, as festas juninas. E nesses momentos, principalmente nas festas do interior, muitas pessoas abandonam e negligenciam seus idosos, logo também há um aumento em relação a esse tipo de crime”, frisou.

Para denunciar crimes contra idosos, a população pode entrar em contato de maneira anônima por meio do 181, o Disque-Denúncia da SSP-AM. Além disso, é possível se dirigir pessoalmente a Delegacia do Idoso, que funciona na Rua 23 (Rua do Comércio), no Parque Dez, zona centro-sul de Manaus. O telefone da unidade policial é o (92) 3214-5800.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.