Breaking News

WILSON LIMA – Quando a assessoria não funciona

As gafes do governador Wilson Lima comprovam que a sua assessoria não está funcionando. Em terras palestinas, tomadas à força por Israel que vive em estado de guerra permanente, o governador em visita ‘oficial’ para conhecer as tecnologias de segurança usadas na defesa de grupos terroristas, segundo ele, similar ao do crime organizado em Manaus, fato que irritou a comunidade palestina no Amazonas.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

PISADA DE BOLA

Segundo site da jornalista Rosiene Carvalho, a Sociedade Árabe Palestina do Amazonas e dirigentes da Federação árabe Palestina do Brasil (Fepal), ficaram revoltados e decepcionados com a gafe do governador.

Por falar em segurança

A declaração do governador que tem viajado muitos nesses cinco primeiros meses de mandato, fez lembrar o milionário contrato com a empresa do ex-prefeito de Nova York, Rudolf Giuliani. O que aconteceu com o contrato milionário que resolveria os problemas de segurança no Amazonas? 

VAI ESTUDAR

Mamoun disse que a Fepal deve emitir uma nota condenando a postura do governador Wilson Lima. “Vai visitar a nossa terra e vai com o inimigo? É uma provocação e desrespeito grande com os palestinos”, criticou a liderança palestina, ao mesmo temo que mandou o governador estudar para conhecer melhor a história do país.

ELEIÇÃO NAS RUAS

As peças do tabuleiro político manauara estão sendo mexidas a todo momento. Conjecturas não faltam, mas a verdade é que as eleições municipais estão nas ruas. Por enquanto, nos bastidores, mas nomes como David Almeida, Josué Neto, Marcos Rotta, Zé Ricardo, Serafim Correa, Amazonino Mendes, Alfredo Nascimento entre outros, estão observando e movendo pedras para dar o Xeque-Mate ano que vem.

Fonte: Portal Flagrante

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.