ÚLTIMAS NOTICIAS

Ex-primeira-dama Nejmi Aziz é presa novamente pela PF, em Manaus

Nejmi Aziz, esposa do senador e ex-governador do Amazonas, foi presa temporariamente pela Polícia Federal, novamente, na manhã desta quarta-feira (31). Ela já passou por exame de corpo de delito no IML e deve dar entrada no sistema prisional até o final desta manhã, segundo informações da PF.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Na última prisão, no dia 19 de julho, Nejmi passou duas noites no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), e foi solta na noite do dia 21, após receber liminar em habeas corpus. Uma nova liminar, obtida pela Polícia Federal, suspendeu essa decisão. Como a primeira prisão foi suspensa, Nejmi deve cumprir o restante da temporária, que é de cinco dias.

“A liminar do habeas corpus foi revogada e foi decretada a prisão dela para que cumpra-se os dois dias remanescentes em relação ao mandado de prisão inicial, de prisão temporária. Nós estamos avaliando ainda. Isso aconteceu agora de manhã e a gente está avaliando ainda o que vai ser feito”, informou a defesa de Nejmi.

A ex-primeira-dama é alvo da operação Vertex, da PF, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa. Um nono alvo das investigações, em Brasília, tem mandado de prisão em aberto.

No cumprimento da primeira prisão temporária, segundo a PF, Nejmi e outros alvos – entre eles, irmãos do senador Omar Aziz – recebiam, entre as vantagens indevidas, entregas de dinheiro em espécie ou por meio em negócios simulados ou superfaturados, a fim de ocultar a entrega de dinheiro dissimulado por meio de contratos de aluguel e de compra e venda.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.