ÚLTIMAS NOTICIAS

ARTIGO DE OPINIÃO: Governador Wilson Lima (não) vai revogar!


Revogar ou não revogar, eis a questão! 

Foto: Arquivo Pessoal / BLITZ AMAZÔNICO

Ocorre nesta quinta-feira (08), a primeira paralisação da greve de tempo determinado, liderado pelos sindicatos que representam as categorias de funcionários públicos da educação, saúde e segurança. A unificação ocorreu após o Projeto de Lei 009/2019, que foi aprovado no dia 12 de junho, na Assembleia Legislativa. Os servidores querem a revogação da lei. 

Um dos objetivos da Lei é suspender o reajuste salarial dos servidores por dois anos, até 2021. 

O Projeto de Lei foi aprovado na ALE-AM, com 14 votos favoráveis contra sete contrários. Três Deputados estaduais estavam ausentes. 

É aqui onde queríamos chegar! 

Mesmo sem dados numéricos, é nítido o desgaste do Governador Wilson Lima. A sensação que temos é que o governador não consegue avançar, apresentar projetos que tragam melhorias de fato para a sociedade. 

Neste momento, ele está de mãos atadas. Se revogar, poderá perder o apoio de uma parcela dos 14 deputados estaduais que votaram a favor do governo. 

É preciso considerar que cada Deputado Estadual, que se expôs a votar um projeto repugnante que prejudica diretamente os servidores públicos e consequentemente a sociedade, teve muita coragem para se expor diante dos seus eleitores - uma parte são servidores - para ter votado a favor. 

Se não revogar, poderá entrar para a história como o Governador responsável pela primeira greve unificada do Estado do Amazonas. 

Honestamente, considero impossível o Governador revogar ainda este ano. Mas no mundo da política, a palavra "impossível", é muito vaga.


Veja vídeo


O melhor a fazer neste momento é buscar o diálogo com as lideranças dos sindicatos. Quem sabe uma promessa de revogação para o início do ano 2020. Ano de eleição! 

Que bronca! 

Luciano Roberto (40) é professor formado pela Uni Norte em Licenciatura Plena em Historia

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.