ÚLTIMAS NOTICIAS

Avenida Danilo Matos Areosa é interditada para avanço nas obras do Distrito Industrial

Desde a manhã desta sexta-feira, dia 9/8, um trecho da avenida Danilo Matos Areosa, sentido bairro-Centro, no Distrito Industrial, foi interditado pela Prefeitura de Manaus para realização de mais uma etapa do pacote de obras que está sendo executado em todas as vias do polo industrial. A previsão é de que a via seja liberada para o fluxo normal de veículos em até uma semana.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Por conta dos trabalhos de recuperação e asfaltamento no Distrito Industrial, foi necessário realizar uma alteração no trânsito local. De acordo com o diretor de Operações de Fiscalização do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Stanley Ventilari, o acesso na avenida Danilo Areosa não será prejudicado. "Durante as obras na avenida, a via fica em mão única, no sentido rotatória da Suframa / Danilo Areosa. Para sair do trecho em obras, basta seguir em frente para acessar a avenida Ministro João Gonçalves de Souza ou rua Nova ", explicou. Ele acrescentou que no período noturno das 21h às 5h da manhã, a via será interditada totalmente. No entanto, o acesso local será permitido. 

Os trabalhos em execução são de correção da base e sub-base da pista, onde mais de 500 metros de tubulação estão sendo implantados. De acordo com o fiscal da obra, o engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Edson Andrade Júnior, os trabalhos estão na fase de escavação e, devido à utilização de maquinário pesado, por segurança, foi preciso ampliar o espaço para o fluxo das máquinas.

“Esse primeiro trecho de drenagem implantada será da rotatória da Suframa até o hospital Adventista. Esse trabalho de drenagem é fundamental para canalizar toda a água de forma correta e, com isso, construir uma base e sub-base de mais qualidade. Após a conclusão dessa fase será recuperada toda a pavimentação”, disse Edson.

O recapeamento e revitalização das ruas do Distrito Industrial 1 vai alcançar 35 vias, distribuídas em três lotes e com custo total de R$ 136 milhões, em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). É a primeira vez que as obras de recuperação do Distrito Industrial estão sendo executadas pelo município. A reconstrução viária faz parte do pacote de obras e ações planejadas pela prefeitura, em homenagem aos 350 anos de Manaus, comemorados em outubro deste ano.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.