ÚLTIMAS NOTICIAS

MÉDICOS CIRURGIÕES DECIDEM EM ASSEMBLEIA MANTER SUSPENSÃO TEMPORÁRIA NOS HOSPITAIS.

Em assembleia ocorrida nesse domingo, 04/08/19 na Sede do ICEA-Instituto de Cirurgiões do Estado do Amazonas, os médicos cirurgiões decidiram manter a suspensão parcial dos serviços nos hospitais de Manaus, iniciada no sábado dia 03/08/19. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A declaração é do presidente do ICEA médico cirurgião José Francisco.” Nós vamos continuar atendendo os pronto-socorros Platão Araújo, 28 de Agosto e João Lúcio de acordo com a escala de Manchester somente o Amarelo, o Vermelho e o Laranja que é o preconizado aos hospitais. As maternidades, pronto-socorros infantis e o Cecon funcionarão 100 por cento como está ocorrendo até agora”. 

 O presidente do ICEA também informou que os SPAs continuarão sem cirurgiões. Sobre a ameaça do Governo do Amazonas em multar os médicos cirurgiões em R$200 mil/dia além de prisão dos diretores do instituto, José Francisco entende que essa ação representa a intimidação do Estado para com a classe Médica “ é normal do governo com a força que tem. Mas nada disso está nos levando a fazer alguma coisa que contraria o código de ética médica e a lei 8666/93. 

Nós mantemos sempre por princípios próprios o direito à verdade e nós quando fazemos nós usamos com provas, com argumentos e provando pra todos que o que nós falamos é verdade. O Estado age com a imposição, nós agimos com argumentos e entendimento e principalmente fundamentado com provas”, disse José Francisco. 

No primeiro dia de suspensão parcial dos serviços não foram registrados problemas. O Presidente do ICEA reafirmou que a população é a maior preocupação dos médicos. Prova disso é que os atendimentos jamais foram paralisados e sim suspensos parcialmente “porque nós entendemos que não há lei maior que sobrepõe a lei da vida e é isso que nós aprendemos a Salvar, só estamos para salvar Vidas. 

Independente de estarmos com cinco meses de atraso, nós mantemos o atendimento para que a população não sofra com o descaso do Governo do Estado”, disse José Francisco. Nesta segunda-feira as cirurgias eletivas do Hospital Adriano Jorge serão suspensas temporariamente assim como os ambulatórios. 

Por dia o ICEA realiza cinco cirurgias eletivas segundo o contrato. Durante a semana 20 pacientes deixarão de ser operados. Número pode aumentar se a suspensão parcial continuar. O instituto de cirurgiões do estado do Amazonas continua aberto ao diálogo com o Governo do Estado.


Veja vídeo

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.