ÚLTIMAS NOTICIAS

Prefeitura realiza encerramento da 8ª edição do Jaavas e da Mostra de Dança da Educação Especial

A Prefeitura de Manaus realizou nesta quarta-feira, 28/8, o encerramento da 8ª edição dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas), organizados pelo Complexo Municipal de Educação Especial (CMEE) André Vidal de Araújo, uma das unidades de ensino coordenadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). As atividades do Jaavas tiveram início no último dia 21 e foram realizadas em alusão à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A programação também contou com a 8ª edição da Mostra de Dança da Educação Especial, com a participação da escola municipal São Vicente de Paula e CMEE André Vidal de Araújo, além da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae/AM) e de unidades de ensino dos municípios de Iranduba, Tefé e Presidente Figueiredo.

O evento foi realizado no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, no bairro Santo Antônio, zona Oeste, e reuniu 45 unidades de ensino, da rede pública e federal, além das instituições parceiras que foram premiadas com troféus e medalhas. No total, participaram dos jogos 3,5 mil alunos, em 30 atividades recreativas.

O objetivo dos Jaavas é promover a inclusão por meio do esporte e educação, ampliar as oportunidades de socialização e aquisição de hábitos saudáveis.

“Vamos fechar em grande estilo com a Mostra de Dança da Educação Especial que acontece todos os anos para mostrar as possibilidades corporais e a inclusão dos nossos alunos. Os jogos têm uma base forte, já é um evento que tem nome em nível nacional e representa bem o nosso Estado, sendo voltado para a inclusão da pessoa com deficiência”, explicou a coordenadora do Jaavas, Shirley Amaral.

De acordo com a diretora do CMEE André Vidal de Araújo da Semed, Reni Formiga, o trabalho realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Semed, com a mostra de dança e os jogos oportuniza a socialização entre todos da educação especial. 

“Esse momento traz uma grande alegria para as crianças, porque é uma grande motivação para os nossos alunos na questão do esporte e da dança. Eles se sentem realizados. Por isso, a Semed realiza essas ações com muita dedicação, porque é prazeroso e eles têm a chance de mostrar o potencial da rede municipal de ensino”, completou.

Positivo

A escola municipal Professora Isabel Victoria do Carmo Ribeiro, na comunidade Rio Piorini, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte, participou dos jogos com 35 alunos da educação especial, na modalidade de atletismo. Para a professora Andrea Paiva, o evento promove a inclusão e ao mesmo tempo valoriza os alunos.

“Para os alunos é muito importante, porque se sentem valorizados como pessoa e além de participarem dos jogos, receberam medalhas. Eles ficaram felizes, e a gente mobilizou as famílias para prestigiarem a competição”, destacou.

A escola estadual de tempo integral Presidente Figueiredo, do município de Presidente Figueiredo, participou dos jogos pela primeira vez com a presença de dois alunos. Segundo a professora Nayra Palmer, foi uma experiência excelente o intercâmbio com estudantes de outras escolas.

“Foi gratificante a nossa participação, pois os alunos se empenharam bastante e antes de jogar estavam muito ansiosos. Vejo os jogos como uma forma de incluí-los na sociedade, uma vez que percebemos que as crianças não são mais excluídas, vindo para o convívio da escola, o que é muito proveitoso para nós professores e também para os próprios alunos”, declarou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.