ÚLTIMAS NOTICIAS

DENÚNCIA: Prefeito de Codajás quer tirar benefícios de funcionários da educação através de aprovação de Lei na Câmara Municipal

Redação BLITZ AMAZÔNICO

Funcionários da educação estão revoltados com o Prefeito Abraham Lincoln Bastos do município de Codajás que há dois meses tenta na calada da noite aprovar lei que tira benefícios dos funcionários da educação. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Na manhã desta terça-feira, 24, vereadores da Câmara Municipal de CODAJÁS, tentaram aprovaram uma lei que tira do dos professores 25% do FUNDEB da regência de classe, além de vantagens dos funcionários administrativos, merendeiras, vigias e secretários, o projeto foi encaminhado pelo prefeito Abraham Lincoln. 

Nossa equipe foi procurada por uma equipe de professores que não quiseram se identificar, por medo de represaria. De acordo com a denúncia o projeto de lei foi adiado devido o alvoroço que se formou na Câmara Municipal. Inconformados os profissionais da educação exigem do parlamento municipal e do próprio prefeito respeito e dignidade. 

A sessão foi encerrada e adiada ainda sem data para retorno do projeto, para avaliação novamente da comissão de educação. 

Os que os funcionários em geral querem é que seja votado a progressão normal de plano, cargos e carreiras e salários, além de manter a unificação das classes, e não tirar os benefícios já adquiridos há mais de 10 anos. 

De acordo com alguns profissionais a educação em CODAJÁS está pedindo socorro, uma vez que falta material de limpeza e falta de merenda escolar. 

“Estamos a mercê desse governo que só tem beneficiados a eles mesmo, a população está cada vez mais abandonada, estamos exigindo nossos direitos, um direito que foi concebido há 10 anos e agora querem tirar de nossos salários.


2 comentários:

  1. Gostaria de saber quem é o jornalista Autor da matéria?
    Acho que um canal de informação que se preze precisa identificar a Autoria de suas reportagens até para medidas cabíveis e legais acerca da veracidade e credibilidade de suas informações publicadas.
    Atrás da tela do computador você se acha protegido, quero ver é assumir a responsabilidade pelos seus atos.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar aqui.