ÚLTIMAS NOTICIAS

Sem Neymar e Mbappé, Di María decide e PSG atropela Real Madrid pela estreia na Champions

Sem Neymar, Edinson Cavani, Kylian Mbappé, o protagonista é...Ángel di María.

Ángel di María comemora após marcar pelo PSG diante do Real Madrid
Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Com dois gols do argentino, o Paris Saint-Germain começou no grupo A da Champions League vencendo o Real Madrid por 3 a 0, no Parque dos Príncipes, nesta quarta-feira. Para a alegria dos espectadores Neymar e Mbappé, que acompanharam o jogo in loco no estádio da capital francesa. Thomas Meunier fechou a conta.

O resultado deixa os parisienses como únicos com três pontos no grupo A, já que Club Brugge e Galatasaray empataram por 0 a 0 no outro confronto da chave.

Os espanhóis, por sua vez, perdem na estreia pelo torneio continental pela primeira vez desde 2006-07, quando levaram 2 a 0 do Lyon. Desde então, a equipe venceu todos os 12 confrontos de primeira rodada que tinham feito.

Lei do ex

Em um primeiro tempo agitado em que o PSG foi melhor, os mandantes abriram o placar aos 14min do primeiro tempo. Juan Bernat tabelou com Mauro Icardi e cruzou baixo para Di María, que finalizou de primeira para vencer Courtois.

A vantagem foi ampliada aos 33min, quando Idrissa Gueye recebeu de Marquinhos e tocou para Di María, que bateu bem de fora área.

Os gols do argentino foram os primeiros dele em quatro jogos contra o Real Madrid e ocorreram na 100ª atuação dele pelo torneio europeu. O meia defendeu o clube espanhol entre 2010 e 2014, tendo conquistado a Champions League 2013-14, na qual foi eleito o melhor jogador da final.

Além disso, ele alcançou a marca de 20 gols na Champions, sendo o quinto de seu país a conseguir o feito – os outros são: Lionel Messi (112), Sergio Agüero (37), Hernán Crespo (25) e Gonzalo Higuaín (22).

Gols anulados

Ainda na primeira etapa, Gareth Bale teve um golaço anulado pelo VAR. O galês dominou com estilo na entrada da área e finalizou encobrindo Keylor Navas, que fez sua primeira partida contra o time com o qual foi tricampeão europeu. O árbitro de vídeo, porém, pegou o toque no braço do camisa 11, invalidando o gol.

Apesar do lance anulado e de finalizações perto do alvo de Hazard e Bale na etapa inicial, o Real terminou a partida sem uma conclusão no alvo sequer.

Na etapa final, aos 36min, Karim Benzema até marcou ao aproveitar sobra na área, mas o assistente apontou impedimento de Lucas Vázquez, que foi em direção à bola.

Já aos 46min, em um ataque criado pelos laterais Meunier e Juan Bernat, o belga recebeu livre dentro da área e fechou a conta.

Baixas

O duelo desta terça-feira poderia ter sido ainda mais estrelado, uma vez que os dois lados sofreram com grandes desfalques. Pelos mandantes, não atuaram os lesionados Kylian Mbappé, Edinson Cavani, Julian Draxler, Thilo Kehrer, assim como o suspenso Neymar, que ainda terá de cumprir mais um jogo de gancho, por conta da revolta que teve na eliminação da temporada passada contra o Manchester United.

Do lado dos espanhóis, Marcelo, Luka Modric, Federico Valverde, Isco e Marco Asensio, todos machucados, não estiveram à disposição, assim como o suspenso Sergio Ramos, o que permitiu que Éder Militão fizesse sua segunda partida pelo clube, a primeira como titular.

Vinicius Jr.

O brasileiro entrou em campo aos 34min da segunda etapa na vaga de Benzema e levou um amarelo após fazer falta em Juan Bernat e se desentender com Di María, que também foi punido. 

Agenda

Pela próxima rodada da Champions, o PSG visitará o Galatasaray em 1º de outubro (terça-feira), às 16h (de Brasília). Mais cedo, às 13h55, o Real Madrid receberá o Club Brugge.

Antes, as duas equipes voltarão suas atenções para seus respectivos campeonatos nacionais. No domingo, o Paris Saint-Germain irá ao Groupama Stadium encarar o Lyon, às 16h. No mesmo dia e horário, os merengues duelarão com o Sevilla no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.