ÚLTIMAS NOTICIAS

Enem 2019: primeiro dia teve 23% de abstenção e 376 candidatos eliminados

O primeiro dia do Enem 2019 registrou taxa de abstenção de 23%, ligeiramente menor do que a do ano passado (24,9%). A informação foi divulgada pelo ministro da Educação Abraham Weintraub em coletiva de imprensa na noite deste domingo (3), na qual ele também comentou o número de candidatos eliminados e outros problema ocorridos durante a aplicação, classificados por ele como pontuais perante a dimensão da prova.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO 

Ao todo, 376 candidatos foram eliminados por descumprirem itens do edital, entre eles o porte de materiais proibidos e o toque de celular durante a prova. O que gerou os maiores questionamentos à segurança da prova, no entanto, foi uma outra situação. 

Pouco depois do início da prova, uma foto da página da proposta de redação começou a circular nas redes sociais. Com os questionamentos sobre o vazamento, o Inep e Weintraub precisaram dar declarações confirmando a veracidade da imagem, mas afirmando que o ocorrido não prejudicava o andamento da prova. 

Na coletiva, o ministro afirmou que as investigações para encontrar o responsável já estão em andamento e tudo indica que a foto foi tirada por um dos aplicadores, que segundo ele será penalizado. “Eu sou uma pessoa que acha que as punições no Brasil são leves. Vamos atrás de absolutamente tudo”, concluiu. 

Mudança nos locais de prova

Diversos candidatos que residem em Goiânia precisarão fazer a reaplicação do Enem. Isso porque seus locais de prova foram alterados durante essa semana e muitos deles não viram a tempo a mensagem de aviso da mudança, enviada por SMS. 

Além disso, houve episódios pontuais de falta de energia e água em Sobradinho (BA) e em uma cidade de Alagoas. Esses candidatos também refarão a prova.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.