ÚLTIMAS NOTICIAS

Mural colaborativo é lançado pela Águas de Manaus na zona Oeste

A concessionária Águas de Manaus lança nesta quarta-feira (29), um mural colaborativo na área do reservatório da Ponta Negra, localizado na Zona Oeste da capital. Como forma de homenagear e dar visibilidade ao cenário artístico regional, a empresa convidou grafiteiros com renomada atuação na capital para contribuir com a intervenção artística na mesma área onde já existe o grafite “Mãe D’ Água”. 

Foto: Divulgação / RDC

Os grafiteiros convidados pela Águas de Manaus para a produção do mural colaborativo são Árab Amazon, Adenildo Soares (“Denis LDO”), Emerson Gomes, Nadja Kristhina (“Marieta”), e Raiz Campos. A ação faz parte do projeto “Manaus no Coração”, que iniciou em outubro do ano passado com uma série de ações gratuitas para a população, que proporcionam oportunidades voltadas para o empreendedorismo, lazer, esporte, cultura, educação, capacitação profissional e bem-estar social. 

“A produção deste mural junto com outros colegas grafiteiros é muito importante. Isso é algo social também porque aproxima a comunidade para ver que a empresa não está trabalhando só em melhorias no saneamento, mas proporcionando arte e cultura para todos. Uma pessoa sem cultura, é uma pessoa sem história”, afirmou o grafiteiro Adenildo Soares. 

Moradora do bairro Parque 10, a autônoma Ana Guimarães passava a pé em frente ao muro localizado na área do reservatório da Águas de Manaus na Ponta Negra, na manhã desta quarta-feira (29), quando percebeu os desenhos que estavam sendo produzidos pelos grafiteiros. Ela elogiou a iniciativa da concessionária e disse que gostou do que viu.

“Muito bonito, fico muito feliz em ver empresas valorizando a arte desses profissionais. Para mim, isso é arte. Devemos dar mais valor a essas expressões artísticas e aos grafiteiros que fazem coisas tão lindas como essa na cidade. Eu também comecei a dar mais valor a esse tipo de arte quando vi o meu filho despertar o interesse por grafites. Estão de parabéns!”, afirmou.

Para o diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, as ações do projeto “Manaus no Coração” reforçam o compromisso da empresa com a cidade. “Um de nossos pilares é o bom relacionamento com a população. Nós estamos ampliando essa parceria com a cidade, promovendo ações e projetos educacionais, culturais e capacitações profissionais”, afirmou.

O mural colaborativo também faz parte da intervenção artística realizada pelo artista Raiz Campos no reservatório da Ponta Negra, com o grafite intitulado “Mãe D’ Água”. Desde que começou a ser desenhada, a arte vem chamando a atenção de quem passa pelo local. A iniciativa do mural e do grafite representam um presente da Águas de Manaus para os moradores da cidade e turistas.

“Mãe D’ Água” – O desenho “Mãe D’ Água” é inspirado em uma indígena moradora da cidade de São Gabriel da Cachoeira, da etnia Piratapuia. Segundo o artista Raiz Campos, a indígena conhecida como “Margot” teve a aldeia invadida na fronteira do Brasil com a Colômbia por integrantes das Farcs. Durante a invasão, a índia consegui fugir nadando pelo rio Solimões.

“Esses são os povos que cuidam da natureza. O grafite representa meu respeito pela cultura e por esse povo que são os verdadeiros protetores da natureza. São eles que preservam a floresta de verdade. Ao final da produção do grafite, cada um que passar por aqui de carro ou a pé vai ter sua visão e leitura sobre o desenho. Essa arte é mais democrática que existe, pois pode ser vista por todos”, destacou Campos.

Intervenções Artísticas - Segundo o gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus, Semy Ferraz, o “Manaus no Coração” seguirá com mais ações nos próximos meses. Alguns reservatórios em outras zonas da cidade devem receber intervenções artísticas e também serem transformados em espaços coletivos ao longo do ano que vem. “A Águas de Manaus quer transformar a cidade e ficar cada vez mais próxima da sociedade manauara”, concluiu. 

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.