ÚLTIMAS NOTICIAS

Em jogada única, Globo contrata José Padilha e dá golpe na Netflix e Amazon

A Globo deu duros golpes em suas principais concorrentes de plataforma streaming, como Netflix e Amazon, ao contratar o cineasta José Padilha. O diretor terá a responsabilidade de levar para o Globoplay uma série ficcional sobre o assassinato de Marielle Franco (1979-2018) que já estava negociada com a Amazon, com contrato pronto (mas não assinado), de acordo com informações do ‘Notícias da TV’.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Segundo a reportagem, a contratação de Padilha foi anunciada nesta sexta-feira (6) em um evento no qual foi exibido o primeiro dos seis episódios de um documentário sobre a vida de Marielle, produzida durante cinco meses pelo Jornalismo da emissora sob total sigilo.

A estreia oficial da série “Marielle, o Documentário” será exibida na Globo no próximo dia 12, entrando no dia seguinte na Globoplay.

“Prometo que será o trabalho mais importante da minha vida. Apesar de dizerem que sou de direita, dei bastante dinheiro para o pessoal [da esquerda], sou velho amigo do Marcelo Freixo, do PSOL, e ele conheceu Marielle no mesmo dia que eu, depois de uma exibição de Ônibus 174, meu primeiro filme da série sobre a violência no Rio. Foi depois do debate que Freixo decidiu levar Marielle para a política”, afirmou Padilha.

“Ela já era uma militante pelos direitos humanos. Hoje ela não é só um mito nacional, mas planetário. Por isso, vamos levar a sua história para o mundo inteiro, por meio de parcerias entre a Globoplay e outras distribuidoras internacionais”, completou o cineasta.

Segundo o ‘Notícias da TV’, especula-se que a Globo investiu pesado para derrotar a poderosa Amazon. Somente para a viúva de Marielle Franco, Mônica Benício, a Globo teria desembolsado R$ 2 milhões. Erick Bretas, principal executivo do Globoplay, nega.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.