ÚLTIMAS NOTICIAS

Fonoaudióloga da prefeitura participa do curso internacional sobre reabilitação de implantes auditivos

Coordenadora do Programa de Reabilitação Auditiva para Crianças Usuárias de Implante Coclear (PIC), da Prefeitura de Manaus, a fonoaudióloga Mariana Pedrett participou, entre os dias 4 a 6 deste mês, da 1º etapa do curso “Reabilitação de Implantes Auditivos”, em Buenos Aires, na Argentina. O treinamento é oferecido pela empresa australiana MED-EL 2020 e deve encerrar em dezembro. Ao lado de mais três brasileiras, a servidora da Secretaria Municipal de Educação (Semed) é uma das dez reabilitadoras da América Latina selecionadas para participar do curso internacional. O próximo encontro será realizado em São Paulo. 

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O tema do primeiro encontro foi “Habilitação auditiva e os suportes necessários para as crianças surdas”, com o objetivo de colaborar em protocolos os trabalhos de investigação nas áreas de linguagem e audição de crianças pequenas, de 0 a 13 anos. As aulas foram ministradas pelas instrutoras Natalie Teakle e Andrea Bravo Sarasty, da Medel Romina Piccione, que abordaram vários assuntos dentro do tema. 

De acordo com Mariana, a Semed atende as crianças implantadas dentro do padrão que foi apresentado no curso, com uma equipe multidisciplinar, composta por fonoaudióloga, psicopedagoga e uma psicóloga da Gerência de Educação Especial (GEE) da rede municipal de ensino. 

“Essa primeira etapa do curso casa muito bem com o trabalho que desenvolvemos no município, somos compostos por uma equipe multidisciplinar que atende muito bem todas as crianças e os familiares, que também precisam dessa reabilitação. Todos dentro das suas especificações fazem um atendimento diferenciado. O treinamento habilita o nosso programa a fornecer um atendimento de maior qualidade ainda”, explicou a reabilitadora. 

Durante os dois dias de curso, os profissionais receberam instruções de suporte e treinamento para que crianças com deficiência auditiva tenham ótimos resultados. O treinamento tratou ainda sobre o desenvolvimento auditivo central e como estabelecer uma intervenção junto às famílias durante a reabilitação e a alfabetização temprana, que é voltada para crianças implantadas. 

“Todos esses temas de estudo contribuirão imensamente para o melhor atendimento de nossa equipe junto às crianças usuárias de implante coclear e suas famílias, que participam do PIC. Conhecer o funcionamento do cérebro auditivo nos permite criar estratégias que auxiliam na comunicação e no desenvolvimento educacional”, comentou Mariana. 

PIC 

O PIC é uma proposta pioneira entre as escolas públicas no Brasil. O atendimento das crianças e familiares, acontece no Centro Municipal de Educação Especial (CMEE) André Vidal de Araújo, na avenida Maceió, Parque 10, zona Centro-Sul de Manaus. Este ano, o programa atende 23 alunos entre crianças e adolescentes e tem como objetivo realizar reabilitação auditiva para crianças usuárias de implante Coclear. Os atendimentos ocorrem em grupo no turno vespertino às terças e quartas-feiras, e individuais às segundas e quintas-feiras.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.