ÚLTIMAS NOTICIAS

Prefeitura leva projeto de educação financeira a mais 21 unidades de ensino

A Prefeitura de Manaus levará a mais 21 unidades de ensino da rede municipal o projeto de educação financeira “Sonhar, planejar e alcançar – fortalecimento financeiro para famílias”. A divulgação das unidades contempladas foi realizada nesta terça-feira, 10/3, no auditório do Cmei Hermann Gmeiner, na Aldeia SOS, bairro Alvorada, zona Centro-Oeste.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A iniciativa atende a Centros de Educação Infantil (Cmei), creches e escolas e é realizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Divisão de Educação Infantil (DEI), em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Vila Sésamo, apoio da MetLife Foundation e parceria para implementação da Dsop Educação Financeira.

O projeto foi implantado na Semed em 2016, até o ano passado atendeu 43 unidades, com um total de 12 mil alunos beneficiados, e segue as diretrizes da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, procurando manter as contas públicas do município equilibradas, cortando despesas, investindo recursos próprios, sem ultrapassar a capacidade de gastos e sendo modelo fiscal para o país.

As novas unidades escolares que entram no projeto vão atender 4.600 crianças de 2 a 6 anos. A ação contará com 291 professores, além da equipe escolar, familiares e a comunidade até o final do ano. As escolas receberão material didático para o professor e para as crianças, além de formação, palestras, oficinas e encontros com as famílias e uma ajuda de custo de R$ 1 mil para cada unidade.

O objetivo é promover desde a infância, uma nova geração de cidadãos brasileiros com a capacidade de fazer escolhas conscientes, estabelecer metas, planejar, ter os recursos e informações para alcançar os seus sonhos e ser financeiramente sustentável. A meta é promover atividades lúdicas, que deixem as crianças se expressarem e reinventarem o mundo ao seu redor, os educadores e cuidadores irão ensiná-las e motivá-las a sonhar, planejar e alcançar objetivos.

O chefe da DEI da Semed, Alexandre Romano, destacou os avanços que a metodologia consegue trabalhar com as crianças. “A partir do momento que a criança cresce, se desenvolve com esse pensamento de economizar, ela não vai pensar só em economizar dinheiro, mas por exemplo, água, o meio ambiente, enfim, acaba sendo um projeto desenvolvendo também a sustentabilidade. A Sésamo tem a ideia de formar adultos conscientes a partir da primeira infância com uma metodologia própria e lúdica”, comentou.

A coordenadora do projeto Vila Sésamo Manaus, Vera Lúcia Oliveira, falou sobre o encontro. “Este é o primeiro encontro com as gestoras, justamente para apresentar toda iniciativa do projeto para que todas entendam a importância, principalmente para que se envolvam. Os próximos encontros já serão com as professoras com treinamento, para que elas possam saber utilizar o material que será disponibilizado para isso”, disse.

Para a diretora Raquel Ribeiro, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Juracy Freitas Maciel, bairro Japiim, zona Sul, o projeto vai ajudar o trabalho pedagógico das professoras em sala de aula. “Este projeto vem justamente dar essa força e incentivo maior. E também para trabalhar com as nossas crianças e famílias a respeito de seus sonhos”, comentou.

A gestora Delle de Karem, da creche municipal Gabriel Corrêa Pedrosa, bairro da Compensa II, zona Oeste da cidade, destacou o engajamento da escola com as famílias. “É interessante as atividades que serão promovidas para engajar as famílias para que elas possam participar efetivamente do processo da construção desses sonhos. Como diz o projeto, a creche junto com a comunidade e equipe escolar, a gente vai se apropriar cada vez mais da proposta do projeto para desenvolver, mas principalmente alcançar nossos objetivos, pois também temos sonhos e queremos levar para a comunidade”, completou.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.