ÚLTIMAS NOTICIAS

Wilson Lima lança programa Escola Ativa, que vai capacitar mais de mil professores na capital e interior do Amazonas

Iniciativa inédita no Estado propõe inovações em conteúdo, método e gestão, multiplicadas por meio da formação de professores e gestores

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou, nesta segunda-feira (09/03), o programa “Escola Ativa”, que será aplicado em 27 escolas de tempo integral, sendo dez em Manaus e 17 no interior, atendendo 950 professores da rede estadual e mais de 11,3 mil alunos do ensino médio. Durante o lançamento, que ocorreu no Centro de Convenções Canaã, no bairro Petrópolis, zona sul de Manaus, Wilson Lima destacou os principais objetivos do “Escola Ativa”.

“A gente trabalha não só com a questão de repassar conhecimento e conteúdo, mas também fazer com que haja uma formação efetiva do caráter desse aluno, para que a gente entregue um cidadão cada vez melhor em uma sociedade que percebemos que está cada vez mais aflorada, mais contraditória. No momento em que a gente fecha parcerias como essa é mais um suporte, é mais um instrumento para que o professor possa lidar com esse ambiente escolar voltado para a leitura de mundo, que é fundamental”, pontuou o governador.

Durante o evento no Canaã foi assinado um termo de cooperação técnica que formaliza a parceira. O programa propõe inovações em conteúdo, método e gestão para estimular o desenvolvimento de estudantes de escolas de tempo integral da rede estadual de educação. O “Escola Ativa” faz parte do projeto Escola da Escolha e é resultado de parceria entre a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e o Instituto Corresponsabilidade pela Educação (ICE), com apoio dos institutos Natura e Sonho Grande.

“O que a gente espera é ter alunos e cidadãos cada vez mais responsáveis, que sejam capazes de tomar decisões baseados no mundo em vivem, mas de uma maneira consciente em saber qual a decisão efetiva que está tomando, que possa ter a capacidade de escolher qual carreira quer seguir, como ela se insere nesse contexto social. Esperamos um ganho na produtividade do aluno, maior concentração, maior comprometimento com as disciplinas e que haja esse índice maior de aprovação, sem dúvida nenhuma”, frisou Wilson Lima.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Desenvolvimento do programa – Até 2021, o ICE realizará formações presenciais junto às equipes escolares das unidades de ensino de tempo integral selecionadas. Serão, ao todo, cerca de 300 horas de formação. Entre os principais temas estão: Formação para Equipe de Implantação, Formação Inicial para Equipes Escolares, Aprofundamento em Projeto de Vida, Rotinas do Diretor e do Coordenador Pedagógico, Medição da Maturidade dos Procedimentos, Aprofundamento em Indicadores, Workshops de Estudos para as Regionais, Acolhimento e Semana de Protagonismo.

O secretário da Seduc, Luís Fabian, ressalta que uma das metas do programa é aprimorar e dinamizar a metodologia aplicada nas unidades de ensino de tempo integral. “A maior crítica que se costuma ter às escolas em tempo integral é o fato delas não terem um currículo diferenciado em relação às escolas de tempo parcial. Com a ‘Escola Ativa’, a ‘Escola da Escolha’, a gente consegue trazer realmente uma perspectiva de vida e de formação profissional mais adequada a essas crianças”, enfatizou Fabian.

“O que o programa Escola Ativa vai trazer de expertise para as nossas escolas é na gestão pedagógica, na gestão administrativa e na gestão financeira, então o fortalecimento vai ser focado nessas três gestões”, observou Antônia de Godoy, coordenadora de educação em tempo integral do Amazonas.

Escolas contempladas – Em Manaus, as unidades da rede estadual de ensino contempladas são: Escola Estadual (EE) Professora Jacimar da Silva Gama; EE Senador Petrônio Portella; EE Maria Rodrigues Tapajós; EE Governador Melo

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.