ÚLTIMAS NOTICIAS

Em Santa Isabel do Rio Negro, Polícia Civil participa de ação em combate à Covid-19


Ao longo desta terça-feira (12/05), a equipe de investigação da 76ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Santa Isabel do Rio Negro (distante 630 quilômetros em linha reta da capital), com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Guarda Municipal e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), deflagrou uma ação para fiscalizar o cumprimento das regras de distanciamento social pela população do município.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÕNICO

Na ocasião, o comandante de uma balsa foi detido e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ter levado para o município um passageiro ilegalmente oriundo de Manaus. Além disso, integrantes de 12 famílias foram advertidos por terem ignorado regras de isolamento social no domingo (10/05).

De acordo com o delegado Aldeney Nogueira, titular da unidade policial, a equipe obteve informações, por meio de denúncia anônima, acerca de uma balsa que teria levado um passageiro ilegalmente para a cidade.

“Diante da delação, nós nos deslocamos até o local informado, no Porto de Ponta Pelada, no bairro São José Operário. Durante as averiguações, nós confirmamos a veracidade da denúncia e conduzimos o comandante da balsa, um homem de 48 anos, até a unidade policial. Em depoimento, ele alegou que fez o transporte de uma pessoa por ordens do proprietário da embarcação”, explicou Nogueira.

Ainda segundo o delegado, o homem assinou um TCO por infração de medida sanitária destinada a evitar a propagação de doenças contagiosas e, em seguida, foi liberado. O caso continuará sendo investigado e o proprietário da balsa será ouvido, para que a ocorrência seja esclarecida e outras medidas legais sejam adotadas.

Desde decreto do Governo do Estado publicado no mês passado, o transporte fluvial de pessoas está suspenso em todo o Amazonas, em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), ressalvados os casos de urgência e emergência.

O titular da 76ª DIP destacou, também, que outras 12 famílias foram advertidas por terem promovido reuniões em comemoração ao Dia das Mães, no último domingo (10/05). Nogueira afirmou que, por enquanto, as ações policiais estão com um foco mais educativo. No entanto, após o aumento no número de casos de Covid-19 registrados em Santa Isabel do Rio Negro, as ações de fiscalização se tornarão mais rígidas e repressivas.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.