ÚLTIMAS NOTICIAS

Thiago Salvático afirma que Gugu pediria para sair da Record em 2019

Lutando pelo reconhecimento de seu relacionamento com Gugu Liberato, o chef de cozinha Thiago Salvático trouxe várias revelações sobre sua intimidade e planos que faziam juntos.

Slide 1 de 16: Lutando pelo reconhecimento de seu relacionamento com Gugu Liberato, o chef de cozinha Thiago Salvático trouxe várias revelações sobre sua intimidade e planos que faziam juntos. De acordo com o Notícias da TV, do Uol, o apresentador teria revelado para ele que estava insatisfeito na Recod e planejava pedir demissão da emissora. ++ Thiago Salvático fala sobre Gugu: “O maior sonho dele seria viver em um mundo sem preconceito” Salvático incluiu conversas pessoais que teve com Gugu ao longo de quase oito anos de relacionamento, o que comprovaria a existência de uma vida conjugal entre os dois. Entre os relatos, o apresentador teria revelado sua insatisfação com a Record uma semana antes de morrer. O chef afirma que ele havia decidido pedir demissão da emissora. Entre 13 e 16 de novembro, em conversas por whatsapp, Gugu disse que teria reuniões na emissora como parte de uma série de problemas urgentes a serem resolvidos. “Gugu estava muito decepcionado com a sua carreira na Record”, revelam os advogados de Salvático. O motivo seria uma redução de salário: de R$300 mil para R$175 mil para comandar apenas as temporadas de 2020 dos reality shows Power Couple Brasil e Canta Comigo. Pelo WhatsApp, em 16 de novembro, o apresentador escreveu para Salvático: “Na Record está muito difícil. Quase impossível.” Além disso, a emissora reduziu a verba de produção do seu programa. Em junho de 2014, Gugu relatou que havia voltado a negociar com a TV de Edir Macedo após esse período difícil. “Nessa época, Gugu estava mais animado com o andamento dos negócios, pois a GGP, sua produtora, havia fechado contrato de parceria com a rede de televisão Record para realizar gravações em seus estúdios.” A insatisfação voltaria a surgir em 2015 com um convite do SBT para Gugu retornar à emissora, mas ele preferiu não aceitar. Em 14 de março de 2016, disse que o programa ia bem de audiência, mas não faturava. “Na GGP, fechamos fevereiro no vermelho” e, em 13 de setembro, desabafou: “Não vejo a hora de sair daqui”. Em 2017, Gugu teria ficado extremamente abalado ao ver toda sua equipe de produção ser demitida e seu programa chegar ao fim. Apesar disso, seguiu na Record para se tornar apresentador de reality show e estreou a frente do Power Couple Brasil, no lugar de Roberto Justus. Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS. 
Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Lutando pelo reconhecimento de seu relacionamento com Gugu Liberato, o chef de cozinha Thiago Salvático trouxe várias revelações sobre sua intimidade e planos que faziam juntos. De acordo com o Notícias da TV, do Uol, o apresentador teria revelado para ele que estava insatisfeito na Recod e planejava pedir demissão da emissora.

Salvático incluiu conversas pessoais que teve com Gugu ao longo de quase oito anos de relacionamento, o que comprovaria a existência de uma vida conjugal entre os dois. Entre os relatos, o apresentador teria revelado sua insatisfação com a Record uma semana antes de morrer. O chef afirma que ele havia decidido pedir demissão da emissora. Entre 13 e 16 de novembro, em conversas por whatsapp, Gugu disse que teria reuniões na emissora como parte de uma série de problemas urgentes a serem resolvidos.

“Gugu estava muito decepcionado com a sua carreira na Record”, revelam os advogados de Salvático. O motivo seria uma redução de salário: de R$300 mil para R$175 mil para comandar apenas as temporadas de 2020 dos reality shows Power Couple Brasil e Canta Comigo. Pelo WhatsApp, em 16 de novembro, o apresentador escreveu para Salvático: “Na Record está muito difícil. Quase impossível.” Além disso, a emissora reduziu a verba de produção do seu programa.

Em junho de 2014, Gugu relatou que havia voltado a negociar com a TV de Edir Macedo após esse período difícil. “Nessa época, Gugu estava mais animado com o andamento dos negócios, pois a GGP, sua produtora, havia fechado contrato de parceria com a rede de televisão Record para realizar gravações em seus estúdios.” A insatisfação voltaria a surgir em 2015 com um convite do SBT para Gugu retornar à emissora, mas ele preferiu não aceitar. Em 14 de março de 2016, disse que o programa ia bem de audiência, mas não faturava. “Na GGP, fechamos fevereiro no vermelho” e, em 13 de setembro, desabafou: “Não vejo a hora de sair daqui”.

Em 2017, Gugu teria ficado extremamente abalado ao ver toda sua equipe de produção ser demitida e seu programa chegar ao fim. Apesar disso, seguiu na Record para se tornar apresentador de reality show e estreou a frente do Power Couple Brasil, no lugar de Roberto Justus.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.