ÚLTIMAS NOTICIAS

Aliança Covid estabelece recomendações para agentes comunitários de saúde que atuam no enfrentamento do coronavírus no interior do Amazonas

Para garantir a saúde e segurança dos moradores, médicos e enfermeiros que trabalham no combate à Covid-19 em comunidades ribeirinhas e indígenas, instituições elaboraram um guia de recomendações para atenção primária à saúde.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

A publicação é uma recomendação da Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus, coordenada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em parceria com 70 instituições e prefeituras. O documento possui orientações para evitar o contágio da doença, como fazer o diagnóstico e parâmetros para a transferência de pacientes para a sede municipal mais próxima. 

“O guia é resultado de um longo trabalho desenvolvido pelo Comitê Técnico-Científico da Aliança com apoio da Academia Amazonense de Medicina e Associação Médica do Amazonas”, informou o superintendente geral da FAS, Virgílio Viana. "Trata-se de uma importante ferramenta para a ação dos agentes comunitários de saúde que atuam em comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas no enfrentamento à Covid-19”, completa.

A elaboração do guia de recomendações teve a participação de 16 médicos, além de outros profissionais da saúde que fazem parte da Aliança. Entre as recomendações para diminuir os riscos de transmissão do vírus, estão a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas; higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel; uso constante de máscara; gargarejo com bicarbonato de sódio ou sal com água morna; e lavagem nasal com soro fisiológico caseiro. Os grupos de riscos são orientados a permanecerem em casa, saindo apenas quando houver extrema necessidade.

O médico infectologista e professor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Bernardino Albuquerque, informou que o material foi definido por toda uma sequência de discussões entre os profissionais do comitê. "Acreditamos que será de grande importância para os profissionais de saúde que estão na ponta, principalmente no que diz respeito à avaliação da evolução clínica de pacientes com coronavírus que precisam de um tratamento mais especializado. O guia visa dar subsídios aos profissionais da linha de frente, que atuam em regiões remotas de difícil acesso para fazer o encaminhamento dos pacientes às sedes municipais quando for necessário", comentou.

O guia também orienta os profissionais de saúde a como proceder caso um comunitário apresente os sinais e sintomas de coronavírus. A recomendação principal é a oximetria, avaliando a concentração de oxigênio no sangue. Caso o comunitário apresente muito cansaço e falta de ar, os agentes avaliarão a transferência dele para tratamento na sede municipal mais próxima da comunidade. Fatores como idade do paciente e existência de doenças crônicas como hipertensão arterial, diabetes, câncer, doença pulmonar, cardíaca, neurológica e obesidade também serão considerados.

Suporte às comunidades

A Aliança Covid Amazonas vem atuando com a prestação de assistência básica nas comunidades do interior atingidas pela pandemia, beneficiando com suas atividades mais de 24 mil pessoas em sete municípios. Entre as ações de atenção à saúde, está a telemedicina que leva orientações médicas online aos profissionais que atuam em comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas. Testes rápidos da Covid-19, oxímetros, termômetros, medidores de pressão, álcool gel e EPIs também foram distribuídos para auxiliar no trabalho dos agentes de saúde no interior do Amazonas. Além disso, mais de 1,4 mil litros de combustível para ajudar no transporte fluvial de pacientes foram destinados às comunidades e unidades de conservação do Estado.

Sobre a Aliança

A “Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus” está há aproximadamente dois meses fazendo uma forte articulação em busca de recursos, financeiros e materiais, para atender as particularidades de cada região do Amazonas no combate à Covid-19. As doações podem ser feitas através do site fas-amazonas.org ou do e-mail contato@fas-amazonas.org

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.