ÚLTIMAS NOTICIAS

Depoimento revela que Daniela Assayag fez “leva e traz” para Wilson Lima

O ex-secretário de Saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias revelou que a secretária de Comunicação do Governo Estadual, Daniela Assayag esteve presente na reunião de decisão da compra dos respiradores mais caros do Brasil.

CPI da Saúde: "Secretária de Comunicação, Daniela Assayag, esteve ...

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Durante a 10ª reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde do Amazonas, Tobias afirmou que houve uma reunião para decidir a compra de respiradores no valor de R$88 mil, que foi negada porque a empresa Sonoar estava cobrando o valor a vista, que a secretária de comunicação Daniela Assayag participou da reunião toda e que sabia como estava o processo de compra dos respiradores.

Ao saber da presença de Daniela Assayag na reunião, o deputado estadual Wilker Barreto declarou: “Para esse assunto entrar na pauta e ser desconsiderado, em função do pagamento a vista, é porque essa reunião teve conhecimento da proposta. Na medida que a secretária de Comunicação do governo (Daniela Assayag) foi a reunião a mando do governador, o governador sabia dessa proposta de R$ 88 mil. O governo pagou a vista e pagou antecipado (o valor mais caro de uma loja de vinhos)”.

Tobias afirmou que “tinham pelo menos 20 pessoas na reunião”, que Daniela Assayag esteve presente em outras reuniões e que sempre buscava informações.

Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) identificou um superfaturamento de R$ 496 mil na aquisição emergencial de 28 respiradores pelo governo Wilson Lima (PSC). A compra ocorreu em abril, no início da epidemia do novo coronavírus.

Documentos obtidos pelos parlamentares mostram que, em 2 de abril, a empresa Sonoar ofereceu os respiradores, de dois modelos diferentes, à Secretaria de Saúde (Susam), a um preço total de R$ 2,48 milhões. A proposta, porém, não foi aceita.

Quatro dias depois, em 8 de abril, a Susam comprou sem licitação, 28 respiradores dos mesmos modelos por quase R$ 2,98 milhões de outra empresa, a Importadora FJAP, especializada em vinhos.

Nossa equipe entrou em contato por e-mail e pedimos esclarecimentos da secretária de Comunicação, Daniela Assayag, mas não obtivemos resposta.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.