Últimas

JOVEM É AGREDIDA E SOFRE TENTATIVA DE ESTUPRO APÓS ACEITAR CARONA DE ESTRANHO

Uma adolescente de 15 anos viveu momentos de terror na noite dessa terça-feira (16/06) ao aceitar carona de um caminhoneiro de 36 anos, acreditando que ele era amigo de seu pai, e acabar agredida, ameaçada e sofrer uma tentativa de estupro.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

O caso aconteceu na zona rural de Canabrava do Norte (1.140 km de Cuiabá), por volta das 19 horas.

Segundo relato da vítima, ela estava em Ribeirão Cascalheira (890 km de Cuiabá), esperando o tio que passaria na cidade e lhe daria carona até Confresa (1160 km da Capital), quando um caminhoneiro parou e a ofereceu carona.

O homem disse que estava viajando para Vila Rica (1270 km de Cuiabá) e passaria por Confresa, por isso podera deixá-la na cidade, e que era amigo do pai dela. Acreditando na afirmação, ela aceitou a carona.

Após um tempo de viagem, porém, o suspeito perguntou quanto a menina queria para ter relações sexuais com ele. Ofendida, ela respondeu que não era prostituta e não teria relação com ele.

Tentativa de fuga

Ela tentou sair do caminhão, mas a porta estava trancada. Em seguida, assim que chegaram em uma parte de asfalto, o homem parou o veículo e a puxou para dentro de um matagal, onde começou a agredi-la com socos no rosto e enforcamento.

Segundo a menina, ele ameaçava furá-la com uma faca, a virou de costas e colocou uma jaqueta sobre a cabeça dela. Quando notou que ele havia tirado algo dos shorts, em desespero a menina reagiu, fez a faca cair e conseguiu sair correndo e se esconder no mato.

O homem foi embora e levou todos os pertences da garota. Quando viu que estava sozinha, ela foi até o asfalto para pedir socorro, mas logo o viu voltar.

Ela se escondeu novamente e, mais uma vez, o acusado fugiu. A vítima voltou a pedir socorro no asfalto e um jovem de 29 anos a ajudou e chamou a polícia.

Prisão

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e encontrou a menina em Canabrava do Norte. O homem que a ajudou disse tê-la encontrada na beira da estrada pedindo ajuda após a tentativa de estupro, bastante machucada.

Ela contou aos militares o que havia acontecido e relatou que o suspeito estava em um caminhão azul com lona preta.

Os policiais conseguiram encontrar um caminhão com as mesmas características, o pararam e, dentro do veículo, encontraram uma carteira com os documentos do suspeito e R$ 157 em dinheiro, uma garrafa de aguardente, dois celulares e um chinelo feminino.

Na carga do caminhão ainda foi localizada uma motocicleta vermelha com a numeração raspada.

Ele foi reconhecido pela vítima, mas alegou apenas tê-la levado até Canabrava do Norte, onde ela teria descido com todos os seus pertences.

O caminhoneiro foi preso e encaminhado para a delegacia. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a vítima, por ela ser menor de idade. Ela precisou ser levada para um hospital de Porto Alegre do Norte, onde recebeu os primeiros-socorros.

O caso foi registrado como lesão corporal, tentativa de estupro, ameaça e tentativa de homicídio culposo.

Fonte: Portal do Jota

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.