Últimas

Vacina contra influenza continua disponível para professores, crianças, gestantes e adultos de 55 a 59 anos

Mesmo com o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, realizada entre 23 de março e 30 de junho, a Prefeitura de Manaus informa que a vacina continua disponível para quatro grupos: professores, gestantes, adultos de 55 a 59 anos e para crianças com idade entre seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO
De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) (Devae/Semsa), enfermeira Marinélia Ferreira, Manaus atingiu a meta de imunização no total geral entre os diferentes grupos da campanha, com a vacinação de 96,87% do público-alvo estimado.

“A meta para a imunização da influenza é atingir, no mínimo, 90% do público-alvo. Mas, para alguns grupos, como é caso de crianças, gestantes e adultos de 55 a 59 anos, a meta ficou abaixo do recomendado. Em relação aos professores, a vacina continuará a ser disponibilizada não por causa da meta, mas considerando a preparação da retomada das atividades escolares, o que poderia representar um risco de disseminação da influenza entre a comunidade escolar”, explica Marinélia Ferreira.

A chefe da Divisão de Imunização da Semsa, enfermeira Isabel Hernandes, informa que, após a avaliação final dos resultados da campanha, os dados apontaram que a vacinação de crianças atingiu 73,85% da meta, de gestantes ficou em 71,24% e de adultos de 55 a 59 anos atingiu 86,97%.

“São três grupos que o Ministério da Saúde, juntamente com os grupos de puérperas (mães até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, indígenas e idosos, avalia como prioritários no que se refere ao cumprimento das metas”, informa Isabel Hernandes. Segundo ela, a vacinação de idosos na campanha atingiu 145,74% da meta, seguido de indígenas (111,85%), trabalhadores da saúde (101,61%) e puérperas (97,36%).

“Agora, é importante que professores, gestantes e adultos de 55 a 59 anos procurem uma sala de vacina, assim como pais e responsáveis devem levar os filhos para a imunização. Em alguns casos, as pessoas estão preocupadas em sair de casa por causa da pandemia da Covid-19, principalmente no que se refere às crianças, mas as salas de vacina estão todas organizadas para evitar o risco de aglomeração e de disseminação da doença”, destaca Isabel, alertando que a influenza também é uma doença grave e que pode levar ao óbito.

A vacina disponível na campanha é trivalente e protege contra três tipos de vírus: influenza A (H1N1), influenza B e da influenza A (H3N2). A lista com o endereço dos 139 postos de vacinação pode ser acessada no site da Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br).

Campanha

As ações da campanha em Manaus tiveram início no dia 23 de março, encerrando na última terça-feira, 30/6, e foram direcionadas para 16 grupos: crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos, pessoas com deficiência, trabalhadores da saúde, gestantes, mães no pós-parto até 45 dias (puérperas), professores, pessoas de 55 a 59 anos de idade, trabalhadores de transporte coletivo, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, profissionais das forças de segurança e salvamento na ativa, indígenas, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, portuários e caminhoneiros.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui.